Adicione o Correio do Povo nas suas redes

Notícias

Veículo de Rosalândia capota na BR-153, próximo a Paraíso

Veículo de Rosalândia capota na BR-153, próximo a Paraíso

terça, 14 de agosto de 2018, às 22h 12min

Da Redação


No final da tarde desta terça-feira, um veículo VW Gol, placa IKF 3003, de Nova Rosalândia – TO capotou na BR-153, após o antigo Posto Carneirão, distante 3 km do centro de Paraíso do Tocantins.



O motorista, um senhor, aparentando ter mais de 60 anos, disse ao Policial Rodoviário que o pneu do carro estourou e ele perdeu o controle da direção. Ele seguia de Paraíso para Nova Rosalândia e dava carona a um casal que reside em um assentamento naquele município.



Da 3 pessoas que estavam no gol no momento do acidente, duas foram encaminhadas com ferimentos ao Hospital Regional de Paraíso pelo Corpo de Bombeiros. O motorista sofreu apenas escoriações.



O policial que atendeu a ocorrência fez o teste de bafômetro com o motorista e foi comprovado que ele não havia ingerido bebida alcoólica. Marcas do pneu ficaram visíveis na pista.



Há pouco mais de um mês, a PRF também atendeu outro acidente ocorrido no mesmo trecho da BR. O veículo, um Fiat Uno, caiu no mesmo local, também ficando entre as árvores.


Nova cúpula da SSP conta com delegados na secretaria, subsecretaria e delegacia-geral

Nova cúpula da SSP conta com delegados na secretaria, subsecretaria e delegacia-geral

terça, 14 de agosto de 2018, às 15h 32min

Ascom

Na manhã desta terça-feira, 14, três delegados filiados ao Sindicato dos Delegados de Polícia Civil do Estado do Tocantins (Sindepol/TO), tomaram posse para cargos de chefia na Secretaria de Segurança Pública do Estado. Fernando Ubaldo, como novo secretário de Segurança Pública, Wlademir Costa Mota, como subsecretário e Vinicius Mendes de Oliveira que foi designado para exercer o cargo de delegado-geral. Todos são filiados ao Sindicato.

Para o presidente do Sindepol/TO, Mozart Felix, a nomeação de três Delegados para a cúpula da SSP é motivo de muita satisfação. “ A classe está contente em ter, como Secretário de Segurança Pública, Subsecretário e Delegado-Geral delegados muito capacitados, isso demonstra compromisso com a Polícia Civil e é de suma importância para a melhoria dos serviços prestados à sociedade ”, afirma o presidente.

O Sindepol/TO parabeniza a gestão do ex-secretário Deusiano Amorim e também do ex-delegado-geral da Polícia Civil, Claudemir Luiz Ferreira, que tiveram uma excelente atuação frente a gestão da Secretaria de Segurança Pública. 

VEJA VÍDEO: Chuva chega a Paraíso e população comemora

VEJA VÍDEO: Chuva chega a Paraíso e população comemora

terça, 14 de agosto de 2018, às 12h 00min

Da Redação

 


O cheiro de terra molhada toma conta da cidade de Paraíso região central do Estado nesta terça-feira. A chuva retornou após mais de quatro meses de estiagem.



A população está comemorando o tempo nublado, que chega provocando mudança no clima. Mesmo sabendo que se trata de uma chuva passageira, vista como a “chuva do caju e do pequi” e tendo a certeza de que a temperatura vai esquentar ainda mais, os paraisenses fizeram questão de comentar nas redes sociais.

A normalização do tempo chuvoso é aguardado apenas para o mês de novembro, ou dezembro.

Serra do Estrondo

Além de ser bem vinda, as chuvas ajudam e manter a Serra do Estrondo, principal ponto turístico de Paraíso, protegida. Há quase 5 anos o fogo vem sendo mantido longe do local.

 

1º Centro de Valorização da Vida do TO é inaugurado no Campus Palmas do IFTO

1º Centro de Valorização da Vida do TO é inaugurado no Campus Palmas do IFTO

terça, 14 de agosto de 2018, às 11h 23min

Ascom


Na última sexta-feira, 10, foi inaugurado no Campus Palmas, do Instituto Federal do Tocantins (IFTO), o 1º Centro de Valorização da Vida do Tocantins, o CVV Palmas. A inauguração ocorreu durante o 3° Encontro sobre Saúde Mental promovido pela unidade.

Participaram do evento o reitor do IFTO, professor Antônio da Luz, o diretor-geral do Campus Palmas, professor Wendell Eduardo Moura Costa, o diretor de Extensão do Campus Palmas, professor Frank Toshimi Tamba, o vice presidente do NAVPAL – CVV/ Palmas, professor Raimundo Expedito Pires, dentre outros.

Na ocasião o diretor do Campus Palmas enfatizou a importância da inauguração do CVV e o compromisso da unidade com a causa da prevenção do suicídio. “Nós não medimos esforços para implantação do CVV aqui na nossa unidade, pois sabemos da importância deste Centro, que atenderá a toda comunidade de Palmas. Com a implantação do CVV aqui em nossa unidade nós reforçamos ainda mais nosso compromisso com o bem não somente da nossa comunidade interna, mas de toda a sociedade”, frisou.

O reitor do IFTO destacou a disposição da instituição em apoiar a causa da prevenção do suicídio. “Nossa instituição está à disposição para ajudar e apoiar esta causa, pois além de gerar educação, pesquisa e extensão o IFTO também esta preocupado com as causas sociais. Combater o mal do suicido também é a nossa missão”, ressaltou.

CVV

O Centro de Valorização da Vida foi fundado em São Paulo, em 1962, e é uma associação civil sem fins lucrativos, filantrópica, reconhecida como de Utilidade Pública Federal, desde 1973. Presta serviço voluntário e gratuito de apoio emocional e prevenção do suicídio para todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo e anonimato.

O atendimento é realizado pela linha 188, pessoalmente (nos 89 postos de atendimento) ou pelo site www.cvv.org.br, por chat ou e-mail. O atendimento ao público 24 horas pela linha 188 em Palmas será iniciado a partir do dia 10 de setembro. O CVV Palmas esta localizado no Campus Palmas do IFTO, no bloco 2, sala 56.

 

Delegado da Polícia Civil sofre perseguição política, Sindepol/TO denuncia ato junto ao MP

Delegado da Polícia Civil sofre perseguição política, Sindepol/TO denuncia ato junto ao MP

terça, 14 de agosto de 2018, às 11h 12min

Ascom

Nesta segunda-feira, 13, o Sindicato dos Delegados de Polícia Civil do Estado do Tocantins (Sindepol/TO), apresentou representação junto ao Ministério Público, com o objetivo de denunciar ato de Improbidade Administrativa praticado pelo secretário Chefe da Casa Civil, Rolf Costa Vidal, contra o Delegado filiado Bruno Sousa Azevedo.

No dia 06 de junho, o Delegado de Polícia Civil, lotado em Palmas (TO), Bruno Sousa Azevedo, por meio da PORTARIA CCI Nº 889 - EX, publicada no Diário Oficial nº 5.127, foi exonerado do cargo em comissão de Diretor de Inteligência e Estratégia da Secretaria da Segurança Pública, após exercê-lo por mais de três anos. Considerando o caráter estratégico do cargo, a exoneração seria algo natural, razão pela qual o Delegado já o havia colocado a disposição do novo Secretário da Segurança Pública, Deusiano Pereira Amorim.



Em sequência, no dia 14 de junho de 2018, o Delegado Geral de Polícia Civil, no cumprimento de suas funções institucionais, expediu a Portaria DGPC nº 362, designando o Delegado Bruno Azevedo para exercer suas atribuições na Delegacia de Repressão a Crimes de Maior Potencial Contra a Administração Pública (DRACMA) em Palmas (TO), a partir de 07 de junho de 2018. (doc. anexo)

No entanto, a sua nomeação não foi publicada, o que vem causando estranheza, na medida em que outros atos, com datas de expedição posteriores, inclusive de lotações da própria Delegacia Geral e da Secretaria da Segurança, estão sendo publicados pela Administração Pública. E com o intuito de obter esclarecimentos, um ofício solicitando informações sobre a ausência de publicação do Ato, direcionado ao secretário Chefe da Casa Civil, foi protocolado pelo Sindicato no dia 13 de julho, mas, até o presente momento, nenhuma resposta foi dada. (doc. anexo)

Para o presidente do Sindepol/TO, Mozart Felix, não há nenhuma informação sobre o que motivou a não publicação da Portaria. “No entanto, extra-oficialmente, começaram a correr boatos de que a perseguição ao Delegado Bruno Sousa Azevedo estava ocorrendo em razão de sua proximidade com o ex-secretário de Segurança Pública, Cesar Roberto Simoni de Freitas, que agora é candidato ao Governo do Estado. Não admitimos tais repressões e perseguições, pois o princípio da impessoalidade é previsto de forma expressa no Artigo 37 da Constituição da República, o qual busca impedir perseguições ou favorecimentos aos administrados submetidos a situações jurídicas diversas”, afirma Mozart.

Além disso, o Delegado Bruno Sousa Azevedo foi designado, juntamente com outros dois Delegados da DRACMA, para realizarem cadastros de acesso junto ao portal da Central de Serviços Eletrônicos, para que os dados dos Serviços Notariais e Registrais do Estado do Tocantins possam ser acessados. No entanto, novamente a Casa Civil não publicou a referida Portaria, em típico ato de perseguição, o que vem inviabilizando o cadastro dos Delegados da DRACMA e dificulta os atos de investigação na Unidade.

CARLESSE MANDA DEMOLIR PRÉDIO DO ANTIGO HOSPITAL DE PARAÍSO A PEDIDO DA POPULAÇÃO

CARLESSE MANDA DEMOLIR PRÉDIO DO ANTIGO HOSPITAL DE PARAÍSO A PEDIDO DA POPULAÇÃO

terça, 14 de agosto de 2018, às 10h 46min

Da Redação


“Um depósito de lixo no centro da cidade”. “Local de abrigo de usuários de drogas”. “Descaso público”.


Antigo Hospital Regional - Depósito de lixo no centro de Paraíso

Acima, algumas das frases dos moradores da cidade de Paraíso do Tocantins, principalmente daqueles que residem próximo ao antigo hospital regional, que ficava localizado à Rua Tocantins, centro da cidade.

Por mais de 20 anos, o prédio abandonado causou transtorno à população. Além de se transformar em esconderijo para criminosos, o antigo hospital era um depósito de lixo contaminado e abrigo de usuários de drogas.



Na última sexta, dia 10, o governador Mauro Carlesse determinou a demolição do prédio. Tratores doados por moradores de Paraíso e da Ageto foram utilizados para por fim a uma das piores imagens que existia na área mais nobre da cidade.

O Governo ainda não decidiu o que vai construir no local, mas é possível que a área do antigo hospital regional recebe prédios da Unitins ou da Segurança Pública. O Governo também pode decidir pela construção definitiva da Adapec, ou diretoria Regional de ensino. 

COMUNIDADE

Moradores do entorno do antigo hospital e autoridades locais comemoraram a derrubada do prédio. O presidente da Associação Comercial e Industrial de Paraíso, Roberto Maia, lembrou que desde o início de seu mandato como presidente da Acip vêm buscando uma solução para resolver o problema.

No dia 20 de fevereiro de 2018, um encontro entre Roberto Maia e o então presidente da Assembleia Legislativa, e hoje governador, Mauro Carlesse (PHS), marcou o pedido oficial da Acip, para que o Carlesse fizesse gestão junto ao governo de Marcelo Miranda, para resolver o problema.

“Graças a Deus é um sonho realizado. Temos muitas ideiaspara fazer naquele espaço, mas só em deixá-lo limpo e sem prejudicar a cidade já é um sonho que todos nós estamos concretizando” disse Roberto Maia.



Acompanhado de Roberto Maia, Carlesse visita antigo hospital em fevereiro de 2018

Após o encontro com Maia, Carlesse veio à cidade de Paraíso e visitou o local, acompanhado do Presidente da Acip. 

O pedido para que houvesse a demolição esta semana foi feito pelo pré-candidato a deputado estadual Ivan Vaqueiro (PPS), um dos líderes de Carlesse na cidade. Neste momento, o prédio continua sendo demolido e toda área será totalmente limpa.

“A população vizinha ao prédio vinha reclamando há anos e fizeram um abaixo assinado, porque os imóveis próximos ao local estavam todos desvalorizados. Agora vamos ouvir a nossa comunidade e buscar junto ao Governo um benefício para ser instalado naquele local” disse Ivan Vaqueiro.




ANÚNCIO ==========


Lucro líquido do BNDES no primeiro semestre tem crescimento de 253,9%

Lucro líquido do BNDES no primeiro semestre tem crescimento de 253,9%

terça, 14 de agosto de 2018, às 07h 30min

O BNDES registrou no primeiro semestre deste ano o lucro líquido de R$ 4,76 bilhões. O resultado, que é o melhor desde 2014 para os primeiros seis meses do ano, representa uma variação de 253,9% na comparação com o mesmo período de 2017, quando registrou R$ 1,34 bilhões. No segundo trimestre de 2018, o BNDES alcançou lucro de R$ 2,69 milhões.

O presidente do banco, Dyogo Oliveira, disse o resultado do semestre vem de “uma composição salutar de diferentes áreas do banco”: a intermediação financeira, que ficou em R$ 6,5 bilhões; o resultado bruto com participações societárias da instituição, com R$ 4,1 bilhões; e a redução de R$ 4,69 bilhões da despesa com provisão para risco de crédito.

A inadimplência do banco acima de 90 dias apresentou queda no período, saindo de 2,08% em dezembro para 1,45% em junho de 2018. O presidente destacou que o patamar é menor que a média do sistema financeiro nacional, que está um pouco acima de 3%.

Oliveira ressaltou que, excluída a inadimplência do estado do Rio de Janeiro com a instituição, o resultado desse item do BNDES seria de 0,18%. “Essa inadimplência do Rio de Janeiro é garantida pelo Tesouro, então, não é de fato que essas operações estejam inadimplentes com o banco. O Tesouro está honrando o pagamento das operações”, completou. Segundo o presidente, conforme a regulamentação desta área, a inadimplência do RJ precisa ser incluída neste item do balanço do BNDES, ainda que seja garantida pelo Tesouro.

No primeiro semestre, o total de ativos caiu de R$ 867 bilhões em dezembro de 2017 para R$ 834 bilhões em junho deste ano. De acordo com o presidente do BNDES, isso ocorreu por causa do pagamento de R$ 60 bilhões ao Tesouro Nacional.

“A medida que formos pagando ao Tesouro Nacional, o ativo do banco vai se reduzindo, o que não significa uma piora dos indicadores financeiros, que estão muito bem em termos de regulamentação”, disse. Segundo Oliveira, no segundo semestre, a instituição pagará mais R$ 70 bilhões ao Tesouro Nacional.

Previsão

Para o segundo semestre, Oliveira estimou perspectivas boas para a instituição. “Boas porque acreditamos que o provisionamento para risco de crédito continuará baixo no segundo semestre. Estamos fazendo um grande esforço de redução de tempo para contratação de operações dentro do banco, desburocratizando as áreas, e isso deve resultar em volume maior de desembolsos em contratações ao longo do ano.

Bndespar

Também no primeiro semestre, a subsidiária integral de participações do BNDES, a BNDESPar, teve lucro líquido ajustado pelos ganhos com alienações de R$ 3,81 bilhões. O valor representa alta de 204,7%, na comparação com o mesmo período de 2017. Naquele momento, o lucro atingiu R$ 1,25 bilhão. Segundo o banco, a elevação está relacionada ao resultado com alienações de participações societárias de R$ 4,1 bilhões nos seis primeiros meses deste ano, enquanto, de janeiro a junho de 2017, tinham alcançado R$ 1,23 bilhão.

A alienação de ações da Petrobras e a integralidade das ações da Eletropaulo representam os principais desinvestimentos realizados pela Bndespar. Juntas responderam por 97% do resultado com alienações. Com esta operação, o percentual de participação da BNDESPar no capital total da Petrobras ficou em 8,37%. O percentual sobe para 15,24% se for considerada a participação total das empresas do Sistema BNDES.

Justiça condena faculdade de Palmas por não inscrever aluno do Ciência Sem Fronteiras

Justiça condena faculdade de Palmas por não inscrever aluno do Ciência Sem Fronteiras

terça, 14 de agosto de 2018, às 07h 26min

Uma instituição de ensino superior da Capital foi condenada, no último sábado (11/08), a pagar R$ 15 mil por danos morais à estudante que perdeu oportunidade de intercâmbio do projeto Ciência sem Fronteiras. A decisão foi do Juízo da 2ª Vara Cível de Palmas.

De acordo com os autos, a estudante do curso de Engenharia Civil, Jéssica Minuzzi Arnuti, cumpria todos os requisitos legais para participação no programa do governo federal, mas perdeu a oportunidade de concorrer a uma bolsa de estudos de um ano na Austrália devido à faculdade ter perdido o prazo legal para homologar a inscrição dela. Segundo relatado, apenas um mês após o fim do prazo, a coordenação do curso informou que não havia efetivado a inscrição da estudante.

O prejuízo acadêmico e, consequentemente, profissional foi levado em conta pelo juiz Luís Otávio de Queiroz Fraz na sentença proferida. “O nexo causal entre a conduta do requerido e o dano sofrido pela autora está presente, uma vez que a não homologação da inscrição ocasionou o abalo e prejuízos desta, que inclusive, perdeu a única oportunidade que tinha de concorrer a uma vaga no Programa de Educação Científica do Governo Federal Ciência Sem Fronteiras (CDF), mesmo preenchendo todos os outros requisitos necessários”, argumentou.

A Universidade Luterana de Palmas foi condenada a pagar à autora a importância de R$ 15 mil reais, a título de danos morais, corrigido monetariamente a partir da sentença e incidindo juros de 1% a.m. a partir do evento danoso (novembro de 2014).

MP quer proibir que médico do TO seja cedido a outro Estado

MP quer proibir que médico do TO seja cedido a outro Estado

terça, 14 de agosto de 2018, às 07h 24min

A cessão de um otorrinolaringologista da rede estadual de saúde para o Estado do Maranhão motivou o ajuizamento de Ação Civil Pública (ACP), no último dia 09, contra o Governo do Estado e contra o próprio profissional, o médico Pedro Serafim de Sousa Neto. O médico atuava no Hospital Regional de Augustinópolis e a cessão dele ocasionou desassistência da população, vez que a unidade de saúde é referência no Bico do Papagaio. O Ministério Público Estadual (MPE) alega negligência e pede que Estado anule portaria de cessão.

O Hospital Regional de Augustinópolis é responsável pela cobertura do SUS na macrorregião do Bico do Papagaio, onde residem 200 mil pessoas, distribuídas em 24 municípios, porém mesmo diante da alta demanda e da carência de profissionais em diversas especialidades, o Estado do Tocantins deixou a unidade hospitalar sem cobertura na área de otorrinolaringologia. O MPE apurou que a cessão do médico aconteceu sem anuência ou consulta prévia à direção do referido hospital, sendo o procedimento realizado diretamente pela Casa Civil do Estado do Tocantins.

Destaca-se, na ACP, que primeira cessão aconteceu entre os anos de 2016 e 2017, tendo sido renovada de 2017 a 2018. “Os pacientes da rede pública não dispõem desse atendimento há quase dois anos no Hospital Regional de Augustinópolis, uma vez que o profissional foi cedido, mesmo sabendo-se que era o único médico otorrinolaringologista desta Unidade de Saúde”, afirmou o Promotor de Justiça Paulo Sérgio Ferreira de Almeida.

Na ação, o MPE requer a concessão de medida liminar, para que o Estado do Tocantins seja obrigado, no prazo máximo de 30 dias, a anular a portaria de cessão de Pedro Serafim, com seu retorno imediato ao quadro do Hospital Regional de Augustinópolis para prestação adequada, contínua, ininterrupta, eficiente e segura dos serviços de saúde na Unidade. Em caso de descumprimento, requer a aplicação de multa diária no valor de R$ 5 mil. (Denise Soares)

Polícia Civil autua três suspeitos de receptar quase 1 tonelada de peixes e frangos

Polícia Civil autua três suspeitos de receptar quase 1 tonelada de peixes e frangos

terça, 14 de agosto de 2018, às 07h 15min

Ascom


A Polícia Civil do Tocantins, por intermédio da Central de Atendimento da região sul de Palmas, efetuou, no final da manhã desta segunda-feira (13) a autuação em flagrante de três pessoas suspeitas pela prática do crime de receptação em Palmas.

Conforme o Delegado Rossílio Souza Correia, Erasmo Carlos Pereira da Costa, de 48 anos de idade, Izaquiel da Silva Oliveira, de 22 anos e Dione Costa Dias, de 26 anos de idade foram autuados em flagrante pela Polícia Civil, após serem presos por agentes da Guarda Metropolitana na posse de mais de 700 kg de peixes, quase 200 kg de frangos, compressor de ar e demais itens furtados de um frigorífico, localizado na saída para o Distrito de Taquarussu, na madrugada do último domingo, dia 12.

Ainda de acordo com o Delegado Rossílio, os guardas metropolitanos efetuaram a detenção dos três indivíduos, os quais estavam em suas respectivas residências, localizadas no Setor Santa Bárbara e em Taquaralto, sendo que na residência de Erasmo forma apreendidos cerca de 700 kg de peixes, no entanto, o homem informou aos guardas que a pessoa de Dione é que havia deixado os peixes para que fossem guardados.

Diante dos fatos, as equipes da GMP foram até a residência de Dione, onde foram encontrados aproximadamente 150 kg de frangos, bem como uma balança, compressor, além de outros objetos subtraídos do frigorífico. Dione por sua vez, informou que a pessoa de Izaquiel também fazia parte da receptação dos peixes. Desse modo, os guardas foram até a residência do indivíduo onde localizaram certa quantia de peixes e frangos, bem como uma arma de fogo de fabricação artesanal, e uma motocicleta Honda CG 150 cc.

Diante dos fatos, os três homens foram encaminhados até a Central de Flagrantes da região Sul de Palmas, onde foram autuados pela prática do crime de receptação, sendo que Izaquiel também foi autuado, em flagrante por posse ilegal de arma de fogo.

Como não recolheram aos cofres públicos, a fiança arbitrada pelo Delegado, os três indivíduos foram recolhidos à carceragem da Casa de Prisão Provisória de Palmas (CPPP), onde permanecerão à disposição do Poder Judiciário.

Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo 
Portal Benício - Compromisso com a Verdade - Todos direitos reservados
Rua Araguaia, 600. Centro - Paraíso do Tocantins - (63) 3602-1366 - 9.9975-8218 - elvecinobenicio@hotmail.com
Desenvolvido por ArtemSite - Tecnologia em Internet | Agência Digital | Criação de Sites, Marketing Digital e Hospedagem Web