Militares vão ao Palácio Araguaia pedir afastamento do Delegado Cassiano Oyama

0
1432

Da Redação

Às 14 horas desta sexta-feira, 18, as associações que representam os militares tocantinenses e familiares do Sargento Rodrigues irão até ao Palácio Araguaia requerer do Governo o afastamento do delegado, Cassiano Oyama, de suas funções, até que o processo que corre contra ele na Justiça seja transitado e julgado.

Oyama é acusado pelos militares de ter assassinado o Sargento, que na época do crime, em abril de 2018, estava em um bar tomando cerveja e com o som do carro ligado.

O Sindicato dos Delegados do Tocantins – Sindepol, entende que o delegado Cassiano teria agido em legítima defesa quando disparou de dentro de uma viatura contra o Sargento.

O Ministério Público pediu a condenação de Oyama.

No Palácio Araguaia, os militares estarão vestidos com camisetas caracterizadas com a foto do Sargento e o slogan da justiça, e a frase: “Queremos Justiça”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui