Servidores do Sistema Socioeducativo são capacitados em Curso de Gerenciamento de Crise no norte do Estado

0
311

Com o objetivo de capacitar continuamente o servidor e prepará-lo para as adversidades que possam encontrar no decorrer do cumprimento da medida socioeducativa, a Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju), por meio da Diretoria de Proteção dos Direitos da Criança e do Adolescente (DPDCA), está ofertando um Curso de Gerenciamento de Crises. Entre os dias 22 e 23 deste mês, os servidores lotados em unidades socioeducativas no norte do Estado participam da capacitação com o professor Diostekhan Rocha.

O curso iniciou na terça-feira, 22, no município de Santa Fé do Araguaia; e nesta quarta-feira, 23, está sendo ofertado em Araguaína, na Escola Municipal Joaquim de Brito Paranaguá. O professor Diostekhan explica que ações preventivas contribuem para o bom funcionamento da administração pública. “A ação de prever e a correta utilização dos recursos necessários, de forma a controlar com maior eficiência e efetividade os fatos não programados, melhoram o uso dos recursos financeiros e do capital humano”, destacou.

Em Santa Fé do Araguaia, a capacitação superou as expectativas, como conta o servidor Francisco Lobo. “Precisamos sempre buscar nos especializar. Neste sentido, a Diretoria foi sensível às necessidades do servidor, ao convidar um especialista que já tem a vivência nas atividades do Sistema. Os exemplos que ele trouxe são contextualizados”, explica.

A capacitação dos servidores começou em dezembro de 2018 na região Central, em Palmas. Para Gilberto da Costa Silva, diretor da DPDCA, era indispensável que esse curso fosse promovido também no interior do Estado. “A capacitação também será oferecida aos servidores do sul do Estado. No dia 31 de janeiro, ocorrerá uma aula em Gurupi, com o objetivo de atender com maior eficácia aos servidores das oito unidades socioeducativas, padronizando e melhorando as atividades que já são desenvolvidas”, expõe.

O Curso

O curso ensina técnicas de abordagem junto aos adolescentes e também como agir em momentos de crise. Com 10 horas de duração, terá certificação pela Escola de Formação numa parceria que envolve o professor, que é voluntário, e o Núcleo Gestor Estadual da Escola Nacional de Socioeducação do Estado do Tocantins.

De acordo com o chefe de Unidade, Willierkens Macedo, toda a equipe ansiava pela capacitação. “Essas ações são muito importantes para manter o servidor motivado a desempenhar suas atividades. Traz segurança”, esclarece.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui