Meio Ambiente debate parcerias para o setor de energia solar no Tocantins

0
333

O secretário de Estado de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), Leonardo Sette Cintra, participa nesta quinta-feira, 24, e sexta-feira, 25, no Grupo Jorima, em Palmas, de encontro técnico para debater parcerias público privadas para o setor de energia solar no estado. Na ocasião, representantes de diversos segmentos apresentam projetos e discutem formas de alavancar o setor no Tocantins.

De iniciativa do Grupo Jorima, o encontro coloca em debate a importância da parceria do setor público para oportunizar a produção industrial e a geração de energia fotovoltaica no Estado. Conforme destaca o diretor-presidente do grupo, Joseph Madeira, o Governo do Estado, por meio da Semarh, é um dos elos mais fortes nessa corrente do bem, essa união de forças que tem gerado avanços que haverão de colocar o Tocantins num patamar diferenciado em pouco tempo. Segundo Joseph Madeira, a sensibilidade governamental tem sido fundamental para o processo. “É um governo empreendedor, que cria um ambiente favorável ao diálogo e à busca de soluções”, pontua.

A superintendente de parcerias e concessões do Governo do Piauí, Viviane Moura Bezerra, trouxe a experiência do estado no que diz respeito às Parcerias Público Privadas (PPPs) na área de energia solar, com implantação de miniusinas que alimentam a rede de distribuição da concessionária estadual. O estado do Piauí possui atualmente a maior usina de energia solar da América do Sul e está implantando também a maior unidade da América Latina.

O secretário Leonardo Cintra destacou o esforço do Governo do Tocantins em incentivar a produção de energias renováveis e limpas. “O Governo do Estado é parceiro e está aberto para o setor de energia fotovoltaica com políticas públicas de incentivo, como a Pró-Solar, e suporte e estudos elaborados, como o Atlas Solarimétrico, um mapeamento completo do potencial do Tocantins na área”, ressalta. O gestor citou ainda que esse esforço já tem trazido resultados, como o anúncio da intenção do Grupo Balfar Indústria Fotoelétrica/AS de instalar uma indústria voltada para a produção de células fotovoltaicas no Tocantins. “Depois que anunciamos essa instalação, outras duas empresas nos procuraram com intenção de trazer seus projetos para o estado”, relata. (Secom)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui