Polícia Civil prende homem suspeito de matar o próprio filho no interior do Estado

0
622

ASCOM – SSP

Na tarde deste domingo (3), a Polícia Civil do Tocantins, por intermédio da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (DEIC), Núcleo Sul, de Gurupi, efetuou a prisão em flagrante de Ronilton Rocha de Castro, de 40 anos, pela prática de homicídio.

Conforme as informações levantadas pela Polícia Civil, o crime ocorreu neste sábado, 2, na cidade de Aliança do Tocantins, onde Ronilton matou seu filho, Gabriel Ribeiro de Sousa (18 anos), com um disparo de arma de fogo, que atingiu a cabeça do jovem.

A imagem pode conter: 1 pessoa, texto

Ao ser ouvido, Ronilton disse que se envolveu em uma briga com outros indivíduos e, na intenção de atirar em um dos agressores, acabou acertando a cabeça de seu filho, que, apesar de socorrido, não resistiu à gravidade dos ferimentos e morreu a caminho do Hospital Geral de Palmas.

De acordo com o delegado Rafael Fortes Falcão, surgiram informações, via WhatsApp Denúncia, da DEIC Sul (telefone 63 3312-4579), de que Ronilton estaria escondido na cidade de Formoso do Araguaia, em uma casa localizada no setor central, conhecida como ponto de tráfico de drogas.

Nenhuma descrição de foto disponível.

Com base nessas informações, a equipe da DEIC Sul, com apoio de agentes da delegacia local, realizou diligências e localizou Ronilton, que estava na residência de E.B.S, de 17 anos, e sua companheira Liliany Soares Moreira, de 18 anos. Após abordagem policial, foi encontrada uma arma de fogo do tipo revólver, calibre 38, em poder de Ronilton, provavelmente utilizada no crime.

A imagem pode conter: 1 pessoa, texto

Em poder de Liliany e do adolescente, foram encontradas 77 (setenta e sete) porções de maconha, além de balança de precisão e rolos de plástico filme (utilizado para embalar as porções de droga, geralmente destinadas à venda). Em razão disso, o adolescente e Liliany foram autuados em flagrante pela prática do crime de tráfico de drogas.

Todos foram conduzidos à Central de Flagrantes da Polícia Civil, em Gurupi. Ronilton foi autuado por homicídio, Liliany por tráfico de drogas e o adolescente infrator por ato análogo a tráfico de drogas. Os três permanecerão à disposição do Poder Judiciário e as circunstâncias do homicídio serão investigadas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui