Grupo Jorima promoverá reunião entre Absolar, Balfar e governador Carlesse para expandir setor da energia solar do Estado

0
1063

Ascom

Atuando no segmento de energia solar no Tocantins, o Grupo Jorima vem promovendo importantes encontros entre autoridades do setor. Nos dias 18 e 19 de fevereiro, o Grupo Jorima, por meio de seu diretor-presidente Joseph Madeira, realizará reuniões técnicas com o presidente executivo da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica – Absolar, Rodrigo Lopes Sauaia, e os diretores da Balfar Solar Indústria Fotoelétrica, Antônio de Paula Barbara e Antônio Velasco, o secretário do Meio Ambiente do Estado do Tocantins, Leonardo Sette Cintra, e técnicos do setor de energia solar da Prefeitura de Palmas.

As reuniões técnicas iniciarão às 09h30 e terão como pauta o debate sobre alterações para melhorias na Lei Palmas Solar, que dispõe de um programa de incentivo ao desenvolvimento tecnológico ao uso e instalação de sistemas de conversão e/ou aproveitamento de energia solar no município de Palmas. Além da tratativa sobre o Conselho Nacional de Política Fazendária – Confaz, será debatido também a proposta para a isenção do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços – ICMS na geração de energia solar fotovoltaico. Sendo essa discussão de extrema, importância para o Grupo Jorima, tendo em vista que a empresa planeja a construção de uma Usina Solar no município de Miracema, facilitando ainda mais a sustentabilidade do negócio e fortalecendo o setor no Estado.

O Grupo Jorima é o principal parceiro da Balfar Solar no Tocantins e recentemente o diretor do grupo, Joseph Madeira, visitou a sede da Absolar, em São Paulo, estreitando laços e planejando ações que venham beneficiar o Estado com energia sustentável e geração de empregos. Na oportunidade articulou a reunião, que acontecerá dia 19, com o Governador do Estado, Mauro Carlesse, e representantes da Balfar Solar, onde a Absolar conduzirá as

discussões sobre as potencialidades energética e viabilidades para instalar uma indústria para a produção de células fotoelétricas no Estado. Na oportunidade, será feito ainda um convite ao governo para apresentar o potencial do Tocantins à República da China.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui