Foragida se entrega é presa em flagrante após tentar entrar em cadeia com celular na genitália

0
624

Marcos Miranda – Governo do Tocantins

A foragida da Unidade de Regime Semiaberto (Ursa) de Palmas, Ananda Joanice Gomes Soares, 20 anos, entregou-se espontaneamente na noite desta quinta-feira, 14, na Delegacia de Polícia Interestadual e Captura (Polinter) e foi conduzida para a Unidade Prisional Feminina (UPF) de Palmas. No entanto, ela foi presa em flagrante após passagem pelo detector de metais. A detenta portava em sua genitália um aparelho celular tipo relógio.

Na triagem, após a acusação do detector de metais, a chefe de plantão e as agentes prisionais plantonistas questionaram à reeducanda se ela tentava entrar na unidade com algum ilícito, ela confessou que portava um invólucro contendo um celular tipo relógio e solicitou um local para retirada do objeto. “A nossa equipe de agentes prisionais se mantém muito atenta nos procedimentos de revista dos objetos pessoais e na triagem que antecede a entrada na carceragem e isto dificulta este tipo de tentativa”, explica Cátia Carneiro, diretora da UPF Palmas.

Além do mandado de prisão contra réu foragido, a detenta respondia pelo crime de tráfico de drogas e foi presa em flagrante com base no que diz o artigo 349-A do Código Penal Brasileiro (Decreto Lei 2848/40). Ananda foi conduzida para a Delegacia de Polícia para dar prosseguimento aos trâmites legais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui