Câmara de Paraíso realiza campanha de combate ao alcoolismo

0
377

A Câmara Municipal de Paraíso do Tocantins realiza nessa semana uma campanha nas escolas Municipais e Estaduais voltada para o “Dia Nacional de Combate ao Alcoolismo”. O objetivo é alertar crianças e adolescentes sobre o perigo dessa droga que mata milhões todos os anos.

A ação contará com a participação ativa dos vereadores, que passarão nas escolas levando panfletos informativos e palestras educacionais sobre o tema.

O vereador Whislhan Maciel esteve hoje na escola Amâncio de Moraes falando para mais de 60 alunos sobre o perigo do álcool.

“Faço um lembrete a todos na Semana Nacional de Combate ao Alcoolismo, que começa hoje. O alcoolismo é uma doença incurável e que está no rol das que mais causam mortes no mundo. Pedimos que as pessoas tenham consciência disso”, alertou.

Em seguida, o vereador foi a Escola Raio de Sol continuando os trabalhos de combate ao álcool.

Já o vereador JC, visitou a escola Estatual São José Operário, levando informação aos alunos sobre a Semana de Combate ao álcool.  O parlamentar afirmou que o alcoolismo também pode ser causador de várias outras doenças, que atingem, por exemplo, o fígado. Ele destacou que o álcool é a porta de entrada para drogas mais pesadas, além de ser causador de problemas familiares. Segundo o vereador, a sociedade não está atenta para todos os malefícios do álcool, uma droga legalizada que está presente em festas e comemorações.

Adriano Moraes visitou a Escola Trajano Coelho neto, onde  crianças do ensino fundamental ouviram atentos o vereador falar do perigo do álcool e suas consequências .

“Por ser de acesso fácil e de difícil controle, nossos jovens tem experimentado cada vez mais cedo essa droga que vem ceifando vidas e destruindo famílias, temos o dever de alertar essa geração para que não cometam o mesmo erro que as anteriores, por isso , é importante falar do amor de DEUS que cura e liberta, é claro, desenvolver ações eficientes contra esse mal.” Disse o vereador.

Paraíso possui um grupo especializado na ajuda a pessoas com dependência ao álcool, é o AA (Alcoólicos Anônimos), que fica localizado na Rua Tapajós, próximo a Igreja Matriz no centro da cidade.

Estatísticas

Considerado pela OMS [Organização Mundial da Saúde] como uma doença, o alcoolismo é um dos principais problemas de saúde pública no Brasil, onde cerca de 15% da população é dependente do álcool, a maioria homens jovens entre 18 e 29 anos. Pesquisa divulgada pelo Ministério da Saúde  (janeiro de 2009), aponta que, entre 2000 e 2006, a taxa de óbitos ligada ao consumo de álcool teve um crescimento de 18%. No período, o índice de mortalidade por doenças associadas ao alcoolismo subiu de 10,7 para 12,6 a cada 100 mil habitantes. De acordo com a pesquisa, foram registradas nesse período 146.349 mortes ligadas ao vício, e cerca de 64% desses óbitos estavam diretamente ligados ao consumo excessivo de álcool, e poderiam ter sido evitados. Há de se avaliar ainda que a pesquisa considerou somente os casos de doenças crônicas provocadas pelo alcoolismo. Se se observar que até 30% dos homicídios e que entre 40% e 60% dos acidentes de trânsito têm relação com o vício do álcool, se pode concluir que o número de vítimas tende a ser significativamente maior!

Ascam

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui