Paraíso já tem a sua Cracolândia? Como explicar a região da feira?

0
1741

Da Redação

 

Continua passando despercebida a quantidade de pessoas que estão se alojando ao lado da feira coberta, em Paraíso do Tocantins, e transformando esse canto da cidade em um ponto de abrigo de viciados, sabe-se lá em quê.

A forma de manutenção utilizada pelas pessoas que ali convivem é abordando moradores, principalmente aqueles que se dirigem à feira aos sábados e domingo. As reclamações das mulheres são constantes. Famílias que residem próximo ao local também estão desoladas e vendo seus imóveis sendo desvalorizados a cada dia.

Apesar da gravidade, a situação passa despercebida pelas autoridades locais. Ninguém toca no assunto e a quantidade de bêbados e pessoas drogadas só aumenta. Comerciantes da região temem um descontrole total.

Se antes os componentes do “grupo da feira” eram apenas pessoas do sexo masculino, hoje, já é possível perceber a presença de várias mulheres. Uma residência antiga que foi abandonada na região é o ponto de encontro do grupo, além de bares localizados ao lado da feira coberta. Em breve, aparecerão as crianças.

A sujeira e o mau cheiro não passam despercebidos, e mostram que o município pode estar caminhando para ser a cidade com maior número de pessoas drogadas acumuladas em um mesmo lugar.

A cracolândia paraisense é uma realidade e já abriga filhos de famílias tradicionais. Sem emprego e sem nenhum tipo de ajuda da cidade, é possível que a região da feira seja, ao poucos, tomadas por essas pessoas que ainda não foram percebidas.

De forma organizada, elas já estão ocupando as portas de bancos e empresas locais. É um problema já existente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui