Assembleia quer evitar tributação indevida com IPVA

0
228

A cobrança de IPVA ao ex-proprietário por veículo já vendido não poderá mais acontecer no Tocantins. Isso porque o deputado Olyntho Neto (PSDB) apresentou, e os demais parlamentares aprovaram nesta terça-feira, dia 13, projeto que veda a cobrança depois da comunicação de venda. Para virar lei, esse e outros projetos dependem da sanção do governador Mauro Carlesse (PHS).

O projeto especifica que será resguardado o cidadão que comunicar ao Detran a transferência do veículo em até 30 dias da assinatura do documento. Para o deputado, a proposta evita a tributação injusta de quem agiu corretamente.

Em outra matéria aprovada, idosos e portadores de doenças graves passam a ter prioridade na tramitação de processos da Administração Pública direta e indireta. Iniciativa do deputado Zé Roberto (PT), a ideia pretende compensar a suposta morosidade dos processos aos que dispõem de menos tempo de vida.

Aprovado também projeto do deputado Ricardo Ayres (PSB) que dispõe sobre a inclusão dos dados sanguíneos na carteira de identidade, além de matéria do atual governador e ex-deputado Mauro Carlesse, que institui política de prevenção à violência contra profissionais da educação.

Os recém-nascidos portadores de doença cardíaca congênita poderão contar com mais um serviço a favor da vida graças a projeto das parlamentares Valderez Castelo Branco (PP) e Luana Ribeiro (PSDB), que torna obrigatória a oximetria de pulso, ou “teste do coraçãozinho”, entre 24 e 48 horas de vida.

Outras matérias criam as semanas de Incentivo à Adoção Tardia, Estadual Maria da Penha nas escolas, ambas de autoria da deputada Amália Santana (PT), e de Prevenção ao Suicídio, proposta de Luana Ribeiro.

O Colégio Militar Unidade I, em construção na capital, passa a ser denominado em homenagem ao agricultor José Rodrigues Lima (Carminho). De autoria do deputado Wanderlei Barbosa (PHS), foi aprovado projeto que estadualiza a Estrada Nova Querência, que liga as rodovias TO-07 a TO-374.

A Associação dos Produtores Rurais do Assentamento Grota de Laje (Aspragol) é declarada de utilidade pública estadual em matéria do deputado Eduardo do Dertins (PPS). A ser comemorado a cada 21 de setembro, o Dia dos Auditores Fiscais é teor de sugestão do deputado Nilton Franco (MDB). Por fim, o Festejo de Nossa Senhora do Livramento, em Monte do Carmo, será incluído como evento no calendário turístico oficial, conforme projeto do deputado Cleiton Cardoso (PTC). (Glauber Barros)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui