Região de Paraíso: Cinco acidentes, duas mortes e um AVC. Final de semana para ser esquecido

0
3914
ACIDENTE POR VOLTA DAS 16h30 EM MARIANÓPOLIS

Da Redação

 

Antes mesmo de terminar, este final de semana já é para ser esquecido, pelo menos para os moradores de Paraíso do Tocantins e região.

Entre as principais ocorrências estão cinco acidentes, com um morto e feridos, e uma pessoas morta por ter ingerido excesso de bebida alcoólica, além de uma enfermeira que sofreu AVC.

Em relação aos acidentes, o primeiro aconteceu no início da tarde de sábado (16) no Setor Nova Fronteira envolvendo uma moto e um veículo. Uma mulher ficou gravemente ferida e foi encaminhada a Palmas. Também na tarde do sábado outros dois acidentes em Paraíso. Um ocorrido na Avenida São Paulo no Setor Jardim Paulista entre dois veículos, e o outro na Avenida Transbrasiliana próximo ao túnel da BR – 153, também envolvendo dois veículos.

NÚMERO DE OCORRÊNCIAS NO FINAL DE SEMANA CHAMOU A ATENÇÃO

Já neste domingo, dois acidentes envolvendo motos aconteceram quase que instantaneamente nesta tarde.

Em um deles, na cidade de Marianópolis, houve colisão entre duas motos. O jovem, Magno Junior, que estava só em uma das motos, chegou a ser encaminhado a Palmas com sangramento pelos ouvidos, mas não resistiu e morreu a caminho. Um pai e dois filhos, que estavam na segunda moto, estão internados no Hospital de Paraíso.

O segundo acidente deste domingo ocorreu na Avenida 23 de outubro também por volta das 17 horas, no Setor Pouso Alegre, em Paraíso do Tocantins, onde um motociclista teria tentado desviar de um quebra-molas e bateu direto em um poste. A situação de um dos feridos é grave.

Ainda no sábado, o jovem Anderson Lacerda morreu após ingerir excesso de bebida alcoólica. Ele tinha problemas de saúde e não podia beber. Já em Nova Rosalândia, a enfermeira, Marilene Moraes Campos Souza, de 42 anos, teve que ser resgatada na tarde deste domingo pelo Centro Integrado de Operações Aéreas – CIOPAER , após sofrer AVC. Ela, que pertence a uma família tradicional do município, está internada no HGP, em Palmas.

O INVERSO

Pelo teor das ocorrências é possível observar que a situação difere de períodos anteriores. Antes, a grande maioria das ocorrências dos finais de semanas em Paraíso e região envolvia tráfico de drogas, furtos, roubos e crimes.

Neste final de semana, o trânsito e o álcool foi o vilão da vez.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui