Crime bárbaro em Paraíso: O que a Polícia Civil vai revelar? Veja resposta mais provável

0
3840

Da Redação

 

Nesta manhã, a Polícia Civil do Estado do Tocantins reúne a imprensa para uma entrevista coletiva sobre um dos casos mais intrigantes que aconteceu em Paraíso nos últimos anos: a chacina que vitimou pai, mãe e filho, no dia 22 de setembro de 2018, em uma chácara que fica próxima à cidade.

Na época, um vizinho que passava pela TO-447 percebeu um veículo queimado nas proximidades da rodovia que liga Paraíso ao município de Chapada de Areia. Ao olhar rumo à sede da chácara, ele também notou que havia fumaça saindo do local.

    Pai, Senhor Acácio, Dona Ivani e o filho Márcio Gonçalves

Rapidamente, a testemunha acionou a polícia que, ao chegar ao local, encontrou as três vítimas. O corpo da mãe, Ivani Ribeiro dos Santos, foi encontrado no quintal da casa com um corte profundo na cabeça. Os corpos do pai, Acácio Gonçalves de Souza e do filho, Márcio Gonçalves de Souza, de 36 anos, estavam em um quarto, carbonizados.

De imediato a Polícia Civil iniciou as investigações. Os corpos de pai e filho tiveram que ser periciado fora do Estado para identificação e outros exames. Várias pessoas da família, vizinhos e possíveis suspeitos foram ouvidas. A PC seguia pelo menos duas linhas de investigações: latrocínio e homicídio.

Na entrevista desta manhã, a Polícia Civil apresenta os resultados do encerramento do inquérito policial. Serão repassadas informações sobre a materialidade e indícios de autoria do crime pela Delegacia de Investigações Criminais – DEIC, com a presença do delegado regional, Bruno Baeza, da 6ª Regional de Paraíso do Tocantins.

RESULTADO PROVÁVEL

Na época do crime, o Portal Benício, antecipou o possível autor da ação que foi considerada uma barbaridade pelas autoridades e população. É provável que a Polícia Civil confirme o que disse nossa reportagem e revelar que o filho, Márcio Gonçalves de Souza, tenha sido o autor do crime que vitimou, além dele, seu pai e sua mãe.

Márcio tinha problemas mentais e, em um momento de surto, pode ter provocado as mortes. O modus operandi da ação também leva a esse entendimento.

CASAL ERA MUITO CONHECIDO E QUERIDO NA REGIÃO

PARTICIPEM!!!
Nenhuma descrição de foto disponível.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui