Câmara de Paraíso luta contra preconceito à pessoa com síndrome de Down

0
115
ALUNOS DA APAE PARAÍSO VISITAM CÂMARA E VEREADORES

 

A data foi criada pela Síndrome de Down Internacional (Down Syndrome International) e seu reconhecimento oficial pela ONU, Organização das Nações Unidas, foi proposto pelo Brasil.

Em se tratando especificamente das pessoas com Síndrome de Down não existem dados estatísticos precisos, mas estima-se que no Brasil existem cerca de 270 mil pessoas com essa síndrome.

A síndrome de Down não é uma doença. Ela acontece devido a uma alteração genética no cromossomo existente dentro das células e que carrega informações sobre as pessoas. Assim, o Down é uma condição genética de alguns seres humanos.

As pessoas com Síndrome de Down têm 47 cromossomos, o que as diferencia das demais pessoas que possuem 46. Os cromossomos são responsáveis por características como a cor dos olhos, formato do nariz, altura, dentre outras. Qualquer pessoa pode nascer com essa síndrome, popularmente conhecida como trissomia do cromossomo 21.

Fatores genéticos dos pais não causam a Síndrome de Down. Não há nada que eles poderiam ter feito de diferente para evitá-la.

Paraíso conta hoje com uma unidade da APAE que atende cerca de 25 alunos especiais, todos  recebem atendimentos de  profissionais na área de saúde e educação,  oferecendo   acompanhamento médico, psicológico e educacional desde o nascimento .

Para Kelly Cristina Dantas, presidente da APAE Paraíso, portadores de Down podem ter uma vida normal quanto qualquer outra pessoa. “Pessoas com síndrome de Down podem ter uma vida longa e cheia de realizações, só precisam de oportunidades para que possam se tornar independentes e descobrir suas habilidades, podendo inserir-se no mercado de trabalho da melhor forma como qualquer individuo e até constituírem famílias”, comentou.

Kelly disse ainda que vencer o preconceito é o maior adversário hoje, “Infelizmente ainda existe atualmente o preconceito, porém, hoje a sociedade tem um conhecimento mais profundo do assunto, e pouco a pouco acredito que as barreiras vão caindo”, disse.

No Estado, há 54 APAES ao todo. Destas, 32 têm escolas especiais conveniadas com a Educação. Lembrando que há outras APAES que têm convênio com municípios e outras parcerias.

Câmara Municipal

A luta contra o preconceito que sofre a pessoa com síndrome de Down tem atenção garantida na Câmara Municipal de Paraíso do Tocantins.

Há quatro anos a Câmara Municipal realiza sempre no mês de Agosto uma Sessão Especial com os alunos da APAE local. O objetivo é transformar os estudantes da Instituição em vereadores por um dia. Este ano já está confirmada mais uma edição do evento. Além disso, vários requerimentos e projetos são apresentados constantemente em favor da instituição, fortalecendo a cada dia essa parceria entre Câmara Municipal e APAE de Paraíso.

Ascom

LINKS IMPORTANTES:

GUIA PARA PAIS E MÃES DE CRIANÇAS COM SÍNDROME DE DOWN:
CADERNETA DE SAÚDE PARA CRIANÇA COM SÍNDROME DE DOWN:
INFORMAÇÕES SOBRE O APLICATIVO ELO 21 E COMO FAZER O DOWNLOAD – QUE GERENCIA INFORMAÇÕES DE SAÚDE DE PESSOAS COM SÍNDROME DE DOWN:
CUIDADOS DE SAÚDE PARA PESSOAS COM SÍNDROME DE DOWN:

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui