Em Paraíso: O Milton foi preso/recapturado pela Operação Intramuros. Quem é o Milton?

0
5154

A Polícia Civil do Estado do Tocantins, através da DEIC de Paraíso anunciou nesta tarde a prisão do traficante Milton pela Operação Intramuros. Na realidade, além de preso por já está sendo investigado, Milton Borges da Silva também foi recapturado. Ele é um dos três fugitivos da Cadeia Pública de Paraíso no dia 1º de novembro do ano passado. A fuga aconteceu 5 dias antes da troca de diretores da Unidade. Ele e a esposa foram recapturados em Rondonópolis-MT. As prisões foram efetuadas através de parceria entre a DEIC Paraíso, com a Delegacia de Furtos e Roubos de Rondonópolis.

Milton havia sido preso em uma Operação Nacional da Polícia Federal em março de 2018. Em Paraíso, apesar de ser considerado um grande traficante, ele usava como disfarce, ser proprietário de uma pequena distribuidora de bebidas.

A imagem pode conter: 1 pessoa, em péMilton engordou após fugir da CPP de Paraíso

Na Época, além de Milton a PF também prendeu a esposa dele, que foi liberada para cumprir pena domiciliar usando tornozeleira. No entanto, ela quebrou o aparelho e fugiu para onde estava o marido, em Rondonópolis, Mato Grosso. Os dois estavam usando documentos falsos.

A fuga de Milton, que atualmente usava o nome de Gilberto Pereira Oliveira, causou grandes transtornos em Paraíso devido ele ser considerado um grande traficante pela Polícia Federal e a Segurança Pública do Estado. Na época, uma gari, que trabalha em uma empresa que presta serviços para a prefeitura de Paraíso e conhecida pelo nome de Sirleide também foi levada pela Polícia Federal para ser ouvida. Segundo a PF, a organização criminosa é uma das maiores do Norte do País. Milton e seu grupo administrava a região central do Estado do Tocantins, tendo Paraíso como sede. A esposa estava usando o nome de, Maria Clara da Silva. O traficante pode fazer sérias revelações à polícia paraisense.

SAIBA TODOS OS DETALHES NA MATÉRIA ABAIXO:

Wherbert Araújo/Governo do Tocantins

Na manhã desta sexta-feira, 19, norteados pelas informações colhidas pela Delegacia Especializada em Investigações Criminais – DEIC núcleo Paraíso, policiais da Delegacia de Roubos e Furtos de Rondonópolis-MT, capturou M. B. da L., considerado um dos principais traficantes de cocaína da região do Vale do Araguaia e um dos 75 investigados na Operação Intramuros, deflagrada na última segunda-feira, 15. Ele já havia sido condenado por tráfico interestadual de drogas e era foragido da Casa de Prisão Provisória – CPP de Paraíso. Com mais esta, somam-se 62 pessoas presas na operação Intramuros.

De acordo com o delegado Eduardo de Menezes, responsável pela Operação Intramuros, no dia 01 de novembro de 2018, três presos fugiram da  CPP de Paraíso após romperem as grades do teto da cela onde se encontravam segregados. Segundo apurou-se na ocasião, a fuga se deu meio à visitação, que é realizada na unidade Prisional todas as quintas e sextas-feiras. “Antes de fugir, o preso já era investigado pela DEIC Paraíso como sendo um dos integrantes de organização criminosa alvos da Operação INTRAMUROS responsáveis por, do interior do estabelecimento prisional, seguir comandando o tráfico na região do vale do Araguaia”, afirmou.

Ainda de acordo com o delegado, com a Operação Intramuros, deflagrada no último dia 15, durante os seis meses de investigações, os policiais, além de delinearem toda a dinâmica criminosa da facção, conseguiram identificar uma residência na cidade de Rondonópolis, no Estado no Mato Grosso, como local de esconderijo utilizado pelo foragido. “A equipe da DEIC de Paraíso repassou as informações aos integrantes da Delegacia de Furto e Roubo do Município mato-grossense, os quais, na manhã desta sexta-feira, realizaram a prisão do condenado”, frisou.  O delegado informou ainda que ele chegou a ser preso em fevereiro passado em Jaciara, município do Mato Grosso a 70km de Rondonópolis, local da prisão desta manhã. No entanto, por estar usando documentos falsos, foi posto em liberdade após realizada a audiência de custódia. Nesta sexta-feira, com base nas informações da Operação Intramuros, ele foi preso novamente. Vale salientar que o preso desta sexta-feira já foi condenado por tráfico interestadual de drogas. A DEIC Paraíso informou ainda que ele será recambiado para o Tocantins.

VEJA VÍDEO DO G1 SOBRE A OERAÇÃO DA POLÍCIA FEDERAL QUE PRENDEU MILTON E A ESPOSA

http://g1.globo.com/to/tocantins/videos/v/policia-federal-prende-suspeitos-de-integrar-quadrilha-de-trafico-de-drogas/6605079/

A imagem pode conter: 1 pessoa, em péA esposa do traficante Milton 

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas

A imagem pode conter: telefone e tela

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui