Animais morrem agonizando em cavalgada da cidade de Pium

0
10073
ANIMAL NÃO RESISTIU AO CANSAÇO E MORREU NO CENTRO DE PIUM

A Cavalgada de Pium aconteceu no último final de semana e durou dois dias, com início no sábado 1º e término no domingo 2. O percurso é de 75 km entre o Distrito de Café da Roça a cidade. A cavalgada termina no parque de exposições local.

O excesso de calor teria levado dois animais à morte. Em um dos casos, um burro caiu agonizando no centro da cidade, mais precisamente na Rua Diógenes de Brito, e morreu após se debater durante muito tempo. Sangue do animal ficou espalhado no asfalto. Toda cena foi presenciada por moradores, inclusive crianças.

A imagem pode conter: atividades ao ar livre e naturezaPrefeitura diz que não houve morte de um cavalo

Um outro animal, que seria um cavalo, teria morrido no percurso da cavalgada. Moradores disseram à nossa reportagem que faltou estrutura para os animais e que, possivelmente, não havia acompanhamento de veterinários nem dos órgãos de proteção animal. Os proprietários dos animais não foram identificados pela reportagem.

“No momento em que estive lá não apareceu nenhum veterinário” disse um morador.

“Vi ele sofrendo e se debatendo muito e jorrando muito sangue” disse outro morador.

Prefeitura Responde

A prefeitura de Pium, através do secretário de finanças, Paulo Sérgio, que fez parte da organização da cavalgada, informou que apenas um animal morreu. Segundo ele, o burro, que caiu na cidade teria sido o único animal que veio a óbito e que foi retirado na mesma noite.

Ainda de acordo com a prefeitura, o segundo animal seria imagem de internet e que o regulamento da cavalgada deixa claro que o dono é o responsável pelo animal, e que não faltou estrutura nem apoio durante o percurso.

“Não faltou nada. Tínhamos um caminhão pipa molhando a estrada e dando apoio aos animais, inclusive no parque” disse Paulo Sérgio. A cavalgada foi organizada pela prefeitura através da Secretaria de Agricultura e Pecuária.

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas em pé e atividades ao ar livre

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui