PM capacita policiais para atuarem em ocorrências de alta complexidade

0
179

Foi realizada nesta segunda-feira, 03, no auditório da Assembleia Legislativa do Tocantins, em Palmas, a aula inaugural do III Curso Operacional de Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas – Rotam, realizado pela Polícia Militar do Tocantins. A instrução visa formar policiais militares para atuarem nesta Companhia Operacional que pertence ao Batalhão de Choque da PMTO e atua em ocorrências de alta periculosidade.

O evento contou com a presença do subchefe do estado maior da PM do Tocantins, coronel Jefferson Nunes Alecrim, que representou o comandante geral – coronel Jaizon Veras Barbosa, dentre outras autoridades militares. Os 50 alunos que iniciam o curso foram apresentados pelo capitão Daniel dos Santos ao coronel Alecrim.

A palestra magna da aula inaugural do curso foi proferida pelo capitão da Polícia Militar do Mato Grosso, Abner Campos, que explanou sobre o tema: A integração das tropas de Rotam interestaduais no combate à criminalidade. O palestrante falou da importância dos grupamentos especializados na atividade da Polícia Militar, pois esses grupos especializados dão o suporte necessário para o policiamento ordinário nas ocorrências de maior complexidade.

Capitão Abner Campos citou ainda a importância da troca de informações e experiências entre esses grupos no intuito de alcançarem melhores resultados. O militar desejou boa sorte aos alunos que iniciam o curso e ressaltou: “as situações que exigem maior dificuldade forjam os melhores guerreiros”.

Suporte técnico

Em suas palavras coronel Alecrim agradeceu ao palestrante pela contribuição e lembrou o esforço de todos os envolvidos para que a instrução aconteça, destacando que ao final do curso serão entregues policiais com ainda mais ferramentas para o combate ao crime. Ele ressaltou que os grupamentos especializados são muito importantes e complementam a atividade policial militar, atuando em ocorrências de média e alta complexidade, fornecendo suporte ao efetivo que opera no serviço ordinário.

“Temos trabalhado muito para que nossa PM alcance níveis ainda maiores de satisfação junto à comunidade. Nossa razão de ser, de existir é atendê-la. Que na formatura, possamos ver aqui todos aqueles que incorporaram o espírito do curso e que possam levar à frente os conceitos que aprenderam no combate à criminalidade”, disse coronel Alecrim que declarou aberto o III Curso Operacional de Rotam da PM do Tocantins.

A capacitação

Os 50 policiais militares que iniciam a instrução (45 da PMTO, três da PM do Mato Grosso e dois da PM do Mato Grosso do Sul) passaram por um rigoroso processo seletivo e terão pela frente cerca de 500 horas aula, entre instruções e estágios. As aulas acontecem na sede do Batalhão de Choque da PMTO, em Palmas.

Ao final do curso os aprovados estarão aptos a integrarem à companhia de Rotam. Grupamento especializado que atua de forma preventiva, dissuasiva e repressiva de crimes de maior complexidade como o combate ao crime organizado, narcotráfico, roubos a bancos, captura de foragidos da justiça, além de atuar na segurança de autoridades e escolta de presos de alta periculosidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui