Câmara “tira da sepultura” projeto que regulariza sepultamento em Paraíso do Tocantins

0
550

Da Redação

A Câmara de Vereadores de Paraíso aprovou em primeira votação o projeto do Executivo 0167/2019, que regulariza os serviços de sepultamento no município.

Até então, as taxas cobradas eram definidas pelos trabalhadores que atuam como coveiros nos dois cemitérios da cidade. Os valores variavam de acordo com o poder aquisitivo das famílias do morto, entre R$ 500 e R$ 700.

Aprovada pela Casa, a Lei vai regularizar o valor de R$ 300, que será cobrado normalmente pela prefeitura municipal. O Projeto é de autoria do Executivo, porém foi uma reivindicação do vereador Paulo Sérgio Diniz, que encaminhou um requerimento com um anteprojeto em anexo á prefeitura municipal.

Ainda nesta quarta-feira foram discutidos vários outros assuntos, entre eles os valores da conta de água e esgoto cobrados pela BRK. Os vereadores de Paraíso dão sinais de que, assim como em outros municípios, pode criar uma CPI para investigar a situação. O assunto foi citado pelos vereadores Adriano Moraes, JC e Whisllan Maciel.

Professor Deley destacou o dia do Meio Ambiente, comemorados nesta quarta, 5, e encaminhou uma Indicação do deputado Junior Geo, para que faça gestão junto ao Governo no sentido definir oficialmente a data do pagamento do servidor público estadual. Segundo o Vereador, tem servidores que em um mês recebem no dia 1º e no mês seguinte recebe no dia 12, o que estaria deixando o trabalhador “na corda bamba”.

Whisllan Maciel propôs a realização de encontros para discutir um novo modelo de sociedade, e, assim como Professor Deley lembrou que precisa haver maiores discussões sobre doação de uma área localizada no Setor Novo Jardim Paulista, para uma empresa. Os dois vereadores entendem que áreas específicas sejam exclusivas para escolas, posto de saúde e creches.

Já Josefa Araújo prestou contas sobre a Audiência Pública da Saúde realizada nesta terça-feira na Assembleia Legislativa. A Vereadora explicou que, como representante da Câmara na Audiência, fez vários questionamentos e solicitações aos deputados e aos representantes da Secretaria de Saúde.

Em relação ao projeto que regulariza o sepultamento, o presidente da Câmara, João Camargo lembrou que “a Casa tirou da sepultura um projeto que há anos estava engavetado” já que a comunidade sempre reclamou dos valores exorbitantes nos momentos mais difíceis enfrentados pelas família, que é o momento de sepultar um ente querido.

Por fim, a Secretária de Educação de Paraíso, Lizete Coelho, vai receber das mãos do vereador, Adriano Moraes, Moção de Aplausos pelos serviços prestados à Educação do Município e pelos índices alcançados.

VEJA ABAIXO A PAUTA DO DIA:

A imagem pode conter: textoA imagem pode conter: texto

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui