Operação “Catarse” cumpre mandado de busca e apreensão em Araguaína

0
265

A Polícia Civil cumpriu, nesta quinta-feira, 8, em Araguaína, mandado de busca e apreensão na residência e em um comércio de uma assessora parlamentar com iniciais A.G.A, 45 anos, que é suspeita de não exercer sua função, apesar de receber regularmente seus proventos.

Durante a ação, foi apreendido celular e documentos que comprovariam que a suspeita desempenha outra atividade incompatível com o serviço público.

Segundo o delegado Bruno Boaventura, A.G.A  já foi interrogada, mas optou por se manter em silêncio, e o inquérito policial terá continuidade, sendo mantida a suspeita em liberdade.

A ação integra a Operação Catarse, que é desempenhada pela Delegacia Especializada em Investigações Criminais (DEIC) Norte, e investiga crimes contra a administração pública estadual.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui