Naturatins fiscaliza área desmatada na Serra do Estrondo, em Paraíso do Tocantins

0
609
ÁREA DESTRUÍDA NA SERRA DO ESTRONDO MUDA ESTRUTURA DO LOCAL

Da Redação

Árvores centenárias foram destruídas através de um desmatamento ocorrido na Serra do Estrondo, em Paraíso do Tocantins, na semana passada. A convite da redação do Portal Benício/Correio do Povo, fiscais do Naturatins estiveram no local na manhã desta quinta-feira, 15 de agosto.

A princípio, a presença dos fiscais foi apenas para que o Naturatins tivesse conhecimento dos estragos que foram, e estão sendo feitos na Serra, que é uma Área de Proteção Ambiental – APA.

A imagem pode conter: céu, árvore, planta, atividades ao ar livre e natureza

Nossa reportagem buscou informações junto à prefeitura sobre os proprietários da área destruída, que é de aproximadamente 1.500m2, e aguarda respostas. Por enquanto, também não existem informações se o autor do desmatamento tem licença do Naturatins e da prefeitura, ou simplesmente a documentação da área.

A imagem pode conter: árvore, planta, atividades ao ar livre e natureza

Todo os dados serão levantados via satélite pelo órgão ambiental, em resposta à denúncia que será feita por este meio de comunicação, via 0800 – Linha Verde no período da tarde.

Pela manhã fomos informados que seria necessário descrever os nomes dos autores ou proprietários e o local da área desmatada. A reportagem fez a solicitação à prefeitura de Paraíso, que deverá fazer o levantamento no período da tarde, quando estará em funcionamento.

A imagem pode conter: céu, árvore, planta, atividades ao ar livre e natureza

Não é de conhecimento da população paraisense a área que compreende a APA da Serra do Estrondo, que foi criada em 02 de fevereiro de 2012, com área de 6.310.35 m2. Esse posicionamento também será cobrado da prefeitura municipal e dos órgãos ambientais.

Se for comprovado que houve crime ambiental, o caso será encaminhado ao Ministério Público. O fato de um proprietário ter os documentos de um terreno que esteja dentro de uma Área de Proteção Ambiental – APA, não lhe dá o direito de promover desmatamento. É preciso que haja discussão com as autoridades locais para possíveis indenizações.

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas em pé, montanha, árvore, atividades ao ar livre e natureza

Por enquanto, o assunto está apenas em fase de investigação, o que não corrige o grande erro de utilização de máquinas pesadas para destruir parte da Serra. Além do desmatamento, a estrutura da Serra foi mudada com a escavação de um buraco para retirada de cascalho. A reportagem também irá buscar informações se houve conivência neste caso.

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, árvore, planta, atividades ao ar livre e natureza

Parte da Serra do Estrondo em Paraíso  do Tocantins já foi destruída para construção de residências e pastagens, mesmo após a mesma ser considerada uma Área de Proteção Ambiental. Para muitos, as leis nesse sentido são apenas “coisas para inglês ver

Aguardando posicionamentos…

Informações sobre a APA Serra do Estrondohttp://gesto.to.gov.br/uc/87/

A imagem pode conter: árvore, céu, planta, atividades ao ar livre e natureza

A imagem pode conter: árvore, céu, planta, atividades ao ar livre e naturezaA imagem pode conter: árvore, céu, planta, grama, atividades ao ar livre e naturezaA imagem pode conter: árvore, atividades ao ar livre e naturezaA imagem pode conter: céu, árvore, atividades ao ar livre e natureza

A imagem pode conter: árvore, céu, planta, atividades ao ar livre e naturezaÁrvores como esta foram destruídas na ação que ainda não era de conhecimento das autoridades locais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui