MPTO investiga prática de intolerância religiosa em Nova Rosalândia

0
840
CEMITÉRIO DE NOVA ROSALÂNDIA

O Ministério Público do Tocantins (MPTO) instaurou, na segunda-feira, 18, procedimento para apurar possível ato de intolerância religiosa acontecido no município de Nova Rosalândia, na véspera do feriado do Dia de Finados, quando praticantes da umbanda teriam sido impedidos de externar seus cultos junto ao túmulo de seus parentes, no cemitério local. Consta que agressões físicas e verbais teriam ocorrido.

Além das agressões ocorridas no local, a Câmara Municipal de Nova Rosalândia divulgou nota oficial repudiando a manifestação religiosa do grupo.

Os fatos serão investigados pela Promotoria de Justiça de Cristalândia, com o objetivo de apurar responsabilidades e subsidiar possíveis medidas judiciais e extrajudiciais que venham a se mostrar necessárias.

A liberdade de crença, o livre exercício dos cultos religiosos e a proteção às liturgias e aos locais de culto são garantidos pelo artigo 5º da Constituição Federal. (Flávio Herculano)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui