Deputados discutem humanização das leis em encontro da Unale

0
240

Deputados estaduais de todo o país discutem, em Salvador (BA), temas como combate ao suicídio, automutilação e violência contra a mulher. As discussões fazem parte da XXIII Conferência da União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (Unale), que teve início nesta quarta-feira, 21, e prossegue até esta sexta-feira, 23, na capital baiana.

Com o tema principal “Humanizando as Leis em um Novo Tempo”, o evento está recebendo 13 dos 24 deputados estaduais do Tocantins. “Este é um momento ímpar para a troca de experiências entre os deputados dos 27 Estados brasileiros, e para discutirmos saídas para problemas comuns, como por exemplo, a reforma da previdência dos Estados, combate ao suicídio, a violência contra as mulheres, entre outros. Sem falar da importância da qualificação de nossos servidores”, disse o presidente Antônio Andrade (PTB).

Para o atual presidente da Unale, deputado Kennedy Nunes (PSD-SC), o trabalho este ano foi para mostrar a Unale e torná-la reconhecida por sua importância. “Também debatemos temas de relevância nacional na área de humanização e vamos impactar positivamente a próxima geração”, destacou o presidente.

Além das discussões voltadas aos parlamentares, o evento promove debates entre servidores de todas as áreas dos Legislativos estaduais. Reuniram-se, por exemplo, os servidores que integram a Associação Brasileira de Cerimonialistas dos Legislativos Estaduais (ABCLE). A entidade tratou sobre procedências em situações diversas e linguagem técnica do cerimonial.

A Associação Brasileira de Televisões e Rádios Legislativas (Astral) abordou o tema acessibilidade na televisão e quem precisa ser incluído nela. Enquanto a Rede Legislativa de Governança e Gestão (Regov) tratou sobre “Governança Corporativa” e “Lei Geral de Proteção de Dados”.

Participam do encontro os deputados Nilton Franco (MDB), Luana Ribeiro (PSDB), Vilmar de Oliveira (SD), Gleydson Nato (PHS), Amália Santana (PT), Cleiton Cardoso (PTC), Cláudia Lelis (PV), Jorge Frederico (MDB), Antonio Andrade (PTB), Léo Barbosa (SD), Fabion Gomes (PL), Olyntho Neto (PSDB) e Ricardo Ayres (PSB).

Rubens Gonçalves

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui