Servidores da AL relatam experiências exitosas vivenciadas em encontro nacional

0
580

 

No segundo dia do 23° Congresso da União Nacional de Legisladores e Legislativos Estaduais (UNALE) os servidores da AL-TO que estão participando relatam experiências enriquecedoras.

Cristina Rezende, assistente da Escola do Legislativo da Assembleia, diz estar empolgada com as possibilidades que vê pela frente, após sua participação no encontro. “Trocamos experiência e vimos cases de sucesso, o que abre nosso leque de possibilidades e fomentam novas ideias que servirão de base para projetos futuros”, explica Cristina, após participar do Encontro das Escolas dos Legislativos do Brasil.

Ela destaca um diferencial da gestão do presidente Antonio Andrade. “O que nos motiva ainda mais é sabermos que temos um presidente aberto a implantação de novos projetos que garantam mais serviços aos tocantinenses. Acredito que estamos no caminho certo”, concluiu Cristina.

Charles Antônio Martins Rocha, agente de segurança, efetivo desde 1992, está na sua oitava participação e também reconhece a importância da participação dos servidores. “É um crescimento para o servidor e para o Parlamento. Eu participei agora do encontro da União dos Policiais Legislativos do Brasil (Unipol), instituição da qual sou membro, e debatemos o processo de transformação dos agentes de segurança em agentes de polícia legislativa, com foco no atendimento e segurança do cidadão”, disse o servidor.

O encontro da UNALE acontece em Salvador até esta sexta-feira com uma vasta programação voltada para capacitação de servidores e parlamentares.

 

Antonio Andrade assume o compromisso de resgatar a história do Poder Legislativo do Tocantins

Luiz Pires/Silvio Santos

Presidente diz que vai reinaugurar em breve o prédio pioneiro onde funcionou o Poder Legislativo

O presidente da Assembleia Legislativa do Tocantins, deputado Antonio Andrade (PTB), anunciou na tarde dessa terça-feira, 19, que, juntamente com os demais parlamentares, vai reinaugurar em breve o prédio pioneiro onde funcionou o Poder Legislativo do Tocantins em Palmas, resgatando sua história. O anúncio aconteceu durante a reabertura do Museu do Palacinho.

Segundo Antonio Andrade, a reabertura do Museu do Palacinho representa um momento importante de resgate da história do estado. O presidente da Assembleia Legislativa agradeceu ao ex-governador Siqueira Campos, presente ao evento, por proporcionar essa bela história, que foi a criação do Tocantins. “O senhor é muito importante para a história do nosso estado. Como filho de Porto Nacional, portanto do Tocantins, sei que o senhor, como deputado federal, passou noites acordado, sonhando e lutando pela criação do estado. Esse legado jamais será apagado por alguém”, afirmou.

O deputado fez uma saudação especial ao primeiro presidente da Assembleia Legislativa e Constituinte do estado, Raimundo Boi, que também se encontrava presente. Andrade relembrou, mais uma vez, a Importância do Palacinho e da primeira sede da Assembleia Legislativa na capital para a história do Tocantins. “Para resgatar essa história, queremos realizar uma sessão legislativa na antiga sede todos os meses. Traremos de volta, o mais rápido possível, a história viva do Poder Legislativo”, disse o presidente.

O presidente da Assembleia parabenizou o governador Mauro Carlesse pelo trabalho que vem realizando em todo o estado, especialmente pela recuperação do Palacinho e pela parceria com o Poder Legislativo. Cumprimentou de forma especial os parlamentares presentes ao evento, Olyntho Neto, Jair Farias, Elenil da Penha, Leo Barbosa, Valderez Castelo Branco, Cláudia Lelis e Ivan Vaqueiro, o vice-governador Vanderley Barbosa, o ex vice-governador e ex deputado federal Darci Coelho e os integrantes do Grupo Amigos do Palacinho, que em parceria com o Governo do Estado será responsável pela gestão do museu.

Também mereceu destaque a atuação do conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, Wagner Praxedes, idealizador do grupo Amigos do Palacinho. Ele conseguiu reunir em torno desse projeto representantes de vários segmentos da sociedade: pioneiros de Palmas, empresários e profissionais liberais.

A programação incluiu homenagem ao ex-governador Siqueira Campos, além da primeira visitação às dependências do prédio, anexos e Capelinha, que passaram por obras de manutenção. O prédio principal também recebeu novo projeto museológico. O museu estará aberto à visitação pública a partir desta quarta-feira, 20.

O Palacinho foi o primeiro edifício construído em Palmas e a primeira sede do Poder Executivo do Governo do Tocantins. Feito em madeira de jatobá, encontra-se na região norte da Capital, próximo à Rodovia TO-050 e, por estar em uma área elevada, permite ao visitante contemplar boa parte da cidade.

Em parceria com os integrantes do Grupo Amigos do Palacinho e representantes do Governo do Estado, por meio da Agência de Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa (Adetuc), que é responsável pela gestão do museu, ficou definida para a nova fase do projeto a expografia “O Período Palacinho 1990/91”, onde o público poderá viajar na história dos primeiros dias de Palmas.

Os visitantes irão conferir como era o Gabinete do Governador, a Vice-Governadoria, a Casa Militar, a Casa Civil, o Diário Oficial do Estado, a Secretaria de Comunicação e a Fundação Santa Rita de Cássia, criada em 1989 para formular e executar a política de promoção social do Estado, função hoje exercida pela Secretaria de Estado do Trabalho e Desenvolvimento Social (Setas).

O museu também conta com salão de exposições com a mostra ”No Labirinto das Bandeiras”, reunindo as bandeiras de vários municípios tocantinenses e sala de exibição de vídeos. Há ainda dois anexos: a sala multiuso e a sala de leitura, além da Capela Santa Rita de Cássia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui