Estudantes de Barrolândia visitam Secretaria de Educação e participam de dinâmicas sobre valorização da vida

0
243

Como forma de valorizar e motivar uma turma de estudantes da Escola Estadual Tancredo de Almeida Neves, de Barrolândia, a Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc) preparou um roteiro de atividades diferenciadas. Os alunos estão visitando Palmas, nesta quinta-feira, 28, e participaram, na sede da Seduc, de uma dinâmica sobre emoções, autoconfiança e a importância da família e da escola.

Estudantes conhecem pontos turísticos e setores administrativos de Palmas

Os estudantes conheceram os setores da pasta e suas especificações como os setores de Assessoria de Currículo, de Projetos, da Educação Básica e da Gestão Escolar. A coordenadora pedagógica, Cananeia de Sousa Silveira, ressalta que a visita foi significativa até para a equipe pedagógica da escola, que conheceu a engrenagem do processo educacional, que inicia na Seduc e vai até a escola. “É muito importante que os nossos estudantes conheçam esses setores da Educação, um conhecimento fundamental para entender as políticas públicas”, explica.

A diretora da escola, Maria de Fátima Silva Cardoso, disse que essa ação de trazer os estudantes para um passeio cultural em Palmas é uma forma de valorizar os alunos. “Gostaria muito de agradecer por todo o apoio que recebemos”.

Da Seduc, os estudantes foram visitar o Palácio Araguaia, o Palacinho e o Memorial Coluna Prestes. Eles vão almoçar na Escola Estadual Girassol de Tempo Integral Professora Elizângela Glória Cardoso e, no período da tarde, participam de atividades culturais.

Os estudantes foram recebidos na Seduc pela equipe do professor Leandro de Souza Vieira, diretor de Gestão da Educação Básica, que coordenou as atividades e o roteiro de visitas. “Estamos trabalhando com a Escola Jovem em Ação, uma escola que promove a reflexão sobre os sonhos e o projeto de vida dos estudantes. É uma escola que está mais próxima dos estudantes”, enfatiza. Leandro coordenou as dinâmicas e transmitiu a seguinte mensagem. “Precisamos trabalhar as nossas emoções, aprendermos a buscar refúgios”.

A estudante Samira Alves, de 15 anos, ficou encantada com tudo que está aprendendo na viagem cultural. “O conhecimento que estamos adquirindo iremos compartilhar com os colegas e familiares. Nessas visitas, estamos vendo conteúdos de história e geografia. Está sendo uma grande aprendizagem”, ressalta.

O estudante Samuel Bezerra Pires, de 16 anos, representou a turma fazendo um discurso de agradecimento. “Somos alunos curiosos, vamos absorver tudo o que estamos aprendendo, é algo que nos ajudará para a nossa formação. Agradeço a todos que nos ajudaram a realizar essa aula diferenciada, está sendo muito importante para nós”, finaliza.

Secom

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui