Prefeito Avelino reinaugura Teatro Cora Coralina

0
466

Da Redação

Após 31 anos de sua existência, o Teatro Cora Coralina foi reinaugurado na noite desta quinta-feira, 5 de dezembro, pela prefeitura municipal. Evento teve a participação da Banda de Música da cidade e da Fanfarra Municipal, além de vários grupos musicais e outros artistas.

O Cora Coralina inclui além do Teatro e Biblioteca, salas de musicas, danças e outros cursos. O prefeito Moisés Avelino, que foi quem construiu a primeira etapa do complexo cultural, lembrou que o investimento significa a importância que sua administração dá ao movimento cultural. No entanto, ele criticou a ausência do público, devido à quantidade de cadeiras vazias no auditório, no momento da reinauguração.

“Sempre investi em três coisas importantes, a Educação, o Esporte e a Cultura. No entanto, fico um pouco triste porque estou vendo muitas cadeiras vazias nesse auditório. Esse é um momento em que a população de Paraíso, independente de cor partidária, deveria prestigiar pela importância do Evento” ressaltou.

O vice, Celso Moraes, lembrou que a nova estrutura do Cora Coralina merece ser protegida por todos. Para ele, é importante que a população faça uso da coisa pública, mas, neste caso, será preciso muita vigilância.

“Entendo que é importante que a população faça uso dos espaços públicos, mas será preciso que a direção do Cora Coralina faça sempre um termo de responsabilidade para que aqueles que vão utilizar o novo teatro saiba protegê-lo” acrescentou.

O deputado, Nilton Franco, representante de Paraíso e região, na Assembleia Legislativa, disse que é difícil acompanhar a agenda política em Paraíso. Segundo ele, quase todos os dias tem inauguração de obras na cidade.

“Estamos aqui hoje e já teremos que voltar na próxima segundo-feira, porque tem a inauguração do Complexo Esportivo do Estádio Pereirão” disse o Deputado, ao lembrar que o prefeito Avelino “é um campeão de obras”.

O Parlamentar aproveitou para conhecer a estudante que foi ouro no mundial de Karatê, em Porto Velho, a jovem Kêmilla Dábila. Ela foi espacialmente elogiada, e homenageada, pelo prefeito municipal.

Também fizeram uso da palavra a diretora do Cora Coralina, Nora Maciel, o presidente do MDB em Paraíso, Alípio Barbosa Neto, e a secretária municipal de educação, Lizete Coelho. Após a inauguração, artista da cidade se apresentaram no ‘novo’ palco do teatro, que terá sua verdadeira história contada posteriormente.

A reinauguração do teatro contou com a participação de vereadores, entre eles o futuro presidente, Paulo Sérgio Diniz, do presidente da Academia Paraisense de Letras, Dourival Santiagos e várias outras autoridades.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui