Unitins amplia acesso à educação superior com 600 novas vagas em 2020

0
273

O Governo do Tocantins, por meio da Universidade Estadual do Tocantins (Unitins), terá o acesso ao ensino superior no Estado ampliado no próximo ano. A instituição já possui quatro câmpus localizados em Araguatins, Augustinópolis, Dianópolis e Palmas e conta com 12 cursos de graduação nas áreas de Administração, Ciências Contábeis, Direito, Enfermagem, Engenharia Agronômica, Letras, Pedagogia, Serviço Social e Sistemas de Informação. Em 2020, mais três cursos serão ofertados gratuitamente e presencialmente no novo Câmpus da universidade em Paraíso do Tocantins: Ciências Contábeis, Direito e Tecnólogo em Agronegócio.

No total, 600 novas vagas serão preenchidas no primeiro semestre de 2020, com 480 vagas destinadas aos câmpus já em funcionamento e 120 vagas para Paraíso. Além dos editais referentes aos vestibulares, o edital de Transferência Externa também está em andamento para alunos que queiram ingressar na instituição, 306 vagas estão disponíveis, exceto no Câmpus de Paraíso.

Os cursos ofertados são gratuitos e presenciais. Além da graduação, a Unitins coleciona conquistas como ter 100% dos seus cursos reconhecidos ou em processo de reconhecimento pelo Conselho Estadual de Educação (CEE), estar entre os premiados pelo Instituto Innovare, pelo trabalho desenvolvido pelo Núcleo de Advocacia Voluntária (Navi) do Câmpus Augustinópolis, cursos com conceito 4 no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade).

Para o reitor Augusto Rezende, a ampliação e democratização do ensino superior público é missão da instituição e do Governo do Estado. “O ensino superior do Estado do Tocantins por muito tempo foi questionado pela sua valorização, mas nessa gestão existe uma priorização do ensino superior como ferramenta para o desenvolvimento e não somente nas grandes cidades, mas a interiorização e formação de mão de obra qualificada em várias regiões. É importante ressaltar que o processo de inovação e desenvolvimento de uma região se consolida pela pesquisa e mão de obra qualificada que aquela região tem a oferecer, então não se pode falar em desenvolvimento e industrialização sem pensar em ensino superior. Nessa gestão a Unitins pensa na ampliação, criação de novos cursos, entrar em novas regiões como acontecem no município de Paraíso para que as pessoas tenham mais acesso à educação de qualidade”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui