Tribunal condena à morte ex-presidente paquistanês Pervez Musharraf

0
232

O ex-presidente do Paquistão Pervez Musharraf foi condenado à morte nesta terça-feira (17) por alta traição pelo Tribunal Especial de Islamabad. Como ele está atualmente em Dubai, ele foi condenado à revelia.

A acusação está relacionada à suspensão da constituição em 2007, quando ele impôs uma regra emergencial para prolongar seu mandato presidencial. Musharraf, de 76 anos, afirma que a acusação é “infundada”.

O general Musharraf, que foi condenado por 2 votos a 1, foi o primeiro governante militar a ser julgado no Paquistão por desrespeitar a constituição.

Musharraf assumiu o poder no país após um golpe militar em 1999 e foi presidente entre 2001 e 2008. Durante esse período, ele sobreviveu a várias tentativas de assassinato e de golpe. Em 2008, ele renunciou para evitar um impeachment.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui