Câncer? Água de Paraíso passará por exames específicos em busca de agrotóxicos e metais pesados

0
944
AVENIDA BERNADO SAYÃO - CENTRO DE PARAÍSO DO TOCANTINS

Da Redação

A reunião entre a Comissão de representantes de Paraíso, e a Agência Tocantinense de Regulação – ATR, para discutir sobre a qualidade da água que abastece a cidade de Paraíso do Tocantins, ocorreu na manhã desta quinta-feira, 30, na sede da Agência em Palmas.

Após várias discussões, ficou decidido que a ATR vai auxiliar a Comissão de Paraíso na realização de um novo exame da água para confrontar com o que é realizado normalmente pela BRK. A empresa de abastecimento será notificada e terá 10 dias para apresentar os últimos laudos de exames da água fornecida aos moradores de Paraíso.

De posse da informação que será repassada pela BRK, um laboratório independente será contratado para realização de outro exame, específico, para analisar se existe a presença de agrotóxicos e metais pesados na água local.

Até então, foram identificados dois laboratórios que podem realizar os exames, um no Rio de Janeiro e outro em Belém – PA. No entanto, a ATR vai buscar informações junto à Universidade Federal do Tocantins – UFT, para ver se ela pode auxiliar na questão.

No entanto, os exames que serão realizados requerem custos ainda desconhecidos, e a Comissão deverá buscar uma forma, inclusive junto à comunidade, para pagar as despesas, já que será preciso contratar entidades especializadas.

A imagem pode conter: 9 pessoas, incluindo Whisllan Maciel, Paulo Sérgio Diniz, Whillam Maciel Bastos e Josefa Araújo, pessoas sorrindo, pessoas em pé e área interna

A Comissão também vai visitar a Secretaria Municipal de Saúde de Paraíso, que recebe os laudos que são feitos pela BRK. Haverá, inclusive, o convite para que o órgão tenha um representante no grupo.

De acordo com o presidente da OAB de Paraíso, William Maciel, é importante ressaltar que os produtos utilizados pela BRK para tratamento da água não contêm propriedades cancerígenas. Se houver esse tipo de propriedades, isso pode estar ocorrendo na captação (fonte), como resultado da ação humana, o agrotóxico, ou de forma natural.

“Só um exame específico constatará essa situação. Vamos aguardar os 10 dias para apresentação dos laudos da BRK, e retornaremos à ATR para definir qual a instituição que será contratada, e quais os procedimentos e custos. Quando tivermos esse resultado em mãos, nós iremos apresentar à sociedade” disse o Presidente da OBA/Paraíso.

Já o presidente da Câmara de Vereadores de Paraíso, Paulo Sérgio Diniz, lembou que o trabalho da Comissão é buscar informações sobre se existe relação entre o alto índice de câncer que está ocorrendo em Paraíso, com a água que abastece a cidade. Ele afirmou que a ação da Comissão está sendo feita com responsabilidade para não causar preocupações.

“Foi um pontapé inicial em busca e respostas para essas situações que estão sendo levantadas em relação à qualidade da nossa água e se isso tem relação com o grande índice de casos de câncer que está acontecendo em Paraíso. Estamos buscando com muita responsabilidade respostas verídicas até para evitar situações alarmantes. Vamos visitar algumas entidades e convidá-las para participar da Comissão para juntos sabermos o que ocasiona, e os motivos, do alto índice de câncer, além de conhecer, de fato, a qualidade de nossa água” disse o presidente da Câmara, Paulo Sérgio Diniz.

A Comissão de Paraíso que participou da reunião com a ATR, em Palmas, foi composta pelo presidente da OAB local, William Maciel Bastos,  por uma representante da Liga Feminina de Combate ao Câncer, e pelos vereadores, Paulo Sérgio Diniz, Josefa Araújo e Whisllan Maciel.

VEJA ISSO

Nenhuma descrição de foto disponível.

A imagem pode conter: bebida

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui