Casa de Prisão Provisória de Paraíso tem Aula Magna para a abertura do ano letivo no Sistema Prisional

0
109

Com o objetivo de garantir o direito à assistência educacional, previsto no artigo 17 da Lei de Execução Penal (LEP), o Governo do Estado do Tocantins tem fomentado a manutenção de turmas dentro das unidades prisionais. Na Casa de Prisão Provisória (CPP) de Paraíso, nessa segunda-feira, 3, houve uma Aula Magna que serviu como o marco do ano letivo nas unidades do Sistema Penitenciário e Prisional. Participaram da aula 20 presos e duas professoras do Colégio Estadual Idalina de Paula, que atuarão no ano letivo.

A unidade prisional finalizou, em agosto de 2019, a construção de uma sala de aula de 25 metros quadrados, que possui ventilação, quadro e 20 carteiras para acolher os alunos. Trata-se de um trabalho que foi realizado pelo Estado em parceria com o município e toda a sociedade. “Houve a integração de toda a equipe, além de uma parceria constante que existe também com a prefeitura e os cidadãos de Paraíso”, ressaltou o diretor da unidade, Lucas Pereira.

O diretor da unidade evidenciou também sobre a mudança no comportamento da Pessoa Privada de Liberdade (PPL) após o contato com o ensino. “Este trabalho integrado é de suma importância para a política pública de assistência educacional, pois o preso de alguma forma fica mais atento ao bom comportamento, além de ter mais oportunidades de concorrência no mercado de trabalho e sem falar da remição da pena pelo estudo, onde um dia de pena é remido a cada 12 horas de frequência escolar”, explicou.

V.A.O, de 51 anos de idade, que chegou na unidade prisional no 3° ano e hoje está na 7°, ressalvou que o estudo traz a remição da pena como benefício, mas que isto hoje para ele não é o motivo maior. “Hoje eu aprendi bastante, o estudo para mim fez grande diferença, aprendi matemática, que gosto bastante e sei que isso que está acontecendo vai ser importante para mim. O benefício da remição é bem-vinda, mas não vem em primeiro lugar”, falou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui