PTC lança pré-candidato para a disputa da prefeitura de Palmas

0
579

Ascom

Já existia a definição pela direção nacional do PTC (Partido Trabalhista Cristão) em participar das eleições municipais da capital de Tocantins, Palmas. Mas a escolha passaria pelo crivo de ser um nome limpo, que tivesse boas ideias e experiência suficiente para tocar o comando de um projeto tão ousado, como uma capital, avalia o presidente nacional da sigla, Daniel Tourinho.

Após um longo período de avaliações e construindo o projeto, o partido concretizou o convite ao empreendedor Max Dornellys, muito conhecido pela sua ousadia e força empreendedora na cidade de Palmas e região, como as Lojas Borboleta e outras empresas.

“O empresário gera emprego e renda a mais de 200 famílias, só em Tocantins. E a sua dedicação, ousadia e simplicidade foram pontos cruciais para nós entrarmos na disputa com força e vontade de  vitória” destaca o vice-presidente nacional da sigla, Fábio Bernardino.

O escolhido a disputar a prefeitura de Palmas não só vem com esta missão mas já inicia a vida política assumindo a presidência estadual da sigla e mostrando o seu poder de articulação.

“Pensamos em construir um projeto sólido e com longevidade. Para que Palmas e o estado de Tocantins possa vivenciar a verdadeira política e os seus benefícios no futuro próximo” disse o novo presidente do PTC estadual, Max Dornellys.

Diante dos atuais quadros colocados na disputa pela prefeitura de Palmas, o agora pré-candidato a prefeito, Max Dornellys, coloca que não será nem a primeira, nem a segunda e nem a terceira via. E sim, será a via do povo para colocar Palmas nos trilhos e no rumo do desenvolvimento inteligente. Ele fala que a cidade precisa de fato começar a se desenvolver da forma certa e no rítmo que merece.

Para consolidar, a direção nacional do Partido Trabalhista Cristão (PTC), afirma que fará em breve um evento para lançar a pré-candidatura a prefeito do empreendedor Max Dornellys em solos palmenses, mas o pré-candidato já está nas ruas conversando com as pessoas, realizando reuniões e ouvindo os anseios do povo.

“Não sou político de profissão. Nunca fui candidato a nenhum cargo público, mas tenho experiência em gestão privada pelos diversos negócio que gerencio e conheço de perto as necessidades dos mais pobres, quem conhece a minha história e minha origem sabe o que estou falando” conclui Max.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui