Governo realiza licitação que viabiliza pavimentação asfáltica entre Gurupi e Trevo da Praia

0
132

Será publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) desta terça-feira, 3, o Aviso de Licitação para contratação de empresa que vai executar o estudo de viabilidade técnica, econômica e ambiental, além dos projetos básico e executivo, para a implantação e a pavimentação asfáltica da Rodovia TO-365, no entroncamento que liga a BR-153 (Gurupi) ao Trevo da Praia e ao Acesso à Balsa.

A obra é um dos compromissos de campanha firmado entre o governador do Tocantins, Mauro Carlesse, e a população da região sul do Estado. A pavimentação asfáltica do local integra o Programa Governo Municipalista e será financiada com recursos provenientes da operação de crédito que o Estado está em processo de liberação com a Caixa Econômica Federal (CEF).

A licitação ocorrerá no próximo dia 6 de abril, às 10 horas. Aos interessados, o Edital e os anexos poderão ser acessados por meio eletrônico no site: www.seinf.to.gov.br. Outras informações poderão ser obtidas na Comissão de Licitação nos telefones (63) 3218-7194 e 3218-1635.

Governo Municipalista

O Programa Governo Municipalista vai investir na economia tocantinense mais de R$ 759 milhões. Os recursos são referentes à contratação de dois empréstimos com a Caixa, além de valores do Programa Pró-Transporte (infraestrutura urbana); parte do saldo para construção de unidades habitacionais; e parte do saldo para construção do Hospital Geral de Gurupi (HGG).

Além da pavimentação das rodovias ligando Gurupi ao Trevo da Praia (TO-365), o programa prevê obras de infraestrutura nos 139 municípios, além da construção do HGG; da pavimentação da rodovia ligando Lagoa da Confusão à Barreira da Cruz (TO-225); da duplicação da rodovia ligando Araguaína a Novo Horizonte; da pavimentação da TO-243 ligando Araguaína ao povoado Mato Verde; da reforma do Ginásio Ercílio Bezerra, em Paraíso do Tocantins; e do Estádio Castanheirão, em Miracema; e ainda, a viabilização de obras como a construção de unidades habitacionais, e complementação de obras do programa Pró-Transporte.

Os recursos também serão usados para a construção da nova ponte de Porto Nacional. A obra deve levar aproximadamente dois anos e quatro meses para ser concluída.

Jesuino Santana/Márcio Vieira – Secom

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui