Paraíso Eleições 2020: PSC decide nome e número de pré-candidatos de oposição diminui

0
642

Da Redação

O Partido Social Cristão – PSC, de Paraíso do Tocantins, já decidiu quem será o seu pré-canddiato para a disputa final do nome que vai ser escolhido pela oposição para concorrer à eleição de prefeito 2020 do município, com o já confirmado, Celso Moraes, do MDB.

O nome escolhido pelo PSC foi o do filho do deputado federal, Osires Damaso, Egnaldo Damaso. A definição acabou satisfazendo o desejo do próprio Deputado, que é o presidente do Partido no Estado.

Dos 13 nomes que foram colocados em uma lista de pré-candidatos da oposição, o PSC tinha quatro indicados; o vereador Professor Deley Oliveira, o presidente da Câmara Paulo Sérgio Diniz, o presidente do PSC municipal, empresário e ex-presidente da Acip, Roberto Bandeira e Egnaldo Damaso.

Um dos temas abordados e que ajudaram na definição do nome do filho do deputado foi a quastão financeira. Na avaliação final, sobressaiu o escolhido. No entanto, segundo membros do próprio PSC, Egnaldo foi uma decisão feita anteriormente pelo próprio pai.

Acompanhado de mais três pessoas, Damaso chegou a ir na residência do empresário Roberto Bandeira, há cerca de 15 dias, para anunciar a escolha. No entanto, o empresário que precida o PSC na cidade não teria aceitado e pediu mais um tempo para trabalhar seu nome.

A Mando do deputado Damaso, o grupo teria feito uma pesquisa que teria revelado o professor Deley Oliveira como líder entre os candidatos do PSC. Apesar de ter a maioria dos votos, segundo a tal pesquisa, ele não foi o escolhido.

Porém, apesar de o PSC já ter escolhido o nome do seu pré-candidato, o que supostamente já teria descartado os demais postulantes, o vereador Professor Deley, deve deixar o Partido na janela do TSE até o dia 4 de abril e se filiar em outra agremiação. O que naturalmente o mantém como um dos possiveis postulantes ao paço municipal.

FESTA DE APRESENTAÇÃO

O deputado federal Osires Damaso realiza neste sábado, 7 de março, uma grande festa em comemoração ao aniversário de seu filho Egnaldo. Cerca de 500 pessoas, entre elas líderes políticos do Estado, já teriam sido convidadas. Implicitamente, a ideia é apresentar o filho à comunidade paraisense como um dos nomes indicados a concorrer à eleição, já que o fato nunca ocorreu antes.

DECISÃO

Integrantes do chamado “grupo dos 13” garantem que, o que o PSC definiu foi apenas o seu problema pelo fato de ter 4 nomes indicados. Ao final, Egnaldo Damaso também deverá ser avaliado entre os outros nomes para a escolha de apenas um concorrente. Teria sido esse o acordo firmado entre os oposicionistas.

NA REAL

Apesar de a oposição de Paraíso aparecer com uma lista de 13 nomes desde o ano passado, na realidade apenas quatro nomes estão em condição de disputar a eleição cara-a-cara com o candidato da prefeitura. Acordos já estão sendo fechados e nomes como o do agropecuarista Paulo Armando, o ex-vice-prefeito Ary Arraes se somam ao escolhido Egnaldo Damaso na disputa para, depois, sairem ás ruas e enfrentar a situação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui