PF faz Operação em Palmas para desarticular organização criminosa

0
264

 

30 policiais buscam cumprir seis mandados de busca e apreensão em Operação deflagrada pela Polícia Federal contra uma organização criminosa do ramo gráfico, em Palmas.

De acordo com a PF, o grupo investigado é especializado em corrupção e lavagem de dinheiro e já teria movimentado cerca de R$ 10 milhões só referente à verbas federais. A Operação foi batizada de Brutus e Hastati.

O esquema criminoso foi descoberto quando a Polícia Federal realizava outras investigações. Os envolvidos teria poderes para “desviar recursos públicos e agir nas mais diversas frentes para garantir que as ações ilícitas se mantivessem encobertas” segundo a Polícia Federal.

Cartões foram apreendidos durante buscas — Foto: Divulgação/Polícia FederalCartões foram apreendidos com investigados Foto: Polícia Federal

As investigações apontam que a organização possui um esquema para praticar vários atos de corrupção, fraudes em licitações, desvio de recursos públicos, lavagem de dinheiro e atos de embaraço às investigações. O objetivo do grupo é a acumulação de riquezas e manutenção dos esquemas ilícitos.

Os investigados poderão responder pelos crimes de corrupção, lavagem de dinheiro, desvio de recursos públicos, fraudes em licitações e embaraço às investigações, se forem condenados. Somadas, as penas ultrapassam 40 anos de prisão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui