Brasil confirma 37 casos do novo coronavírus. OMS declara pandemia

0
201
Passageiros e funcionários circulam vestindo máscaras contra o novo coronavírus (Covid-19) no Aeroporto Internacional Tom Jobim- Rio Galeão

O número de casos confirmados do novo coronavírus no Brasil subiu para 37. O dado foi divulgado pelo Ministério da Saúde hoje (11). O balanço registra três novos casos em relação ao divulgado ontem (10), quando foram contabilizados 34 casos.

Entre os novos casos confirmados foram identificados um novo no Rio Grande do Sul e dois novos no Rio de Janeiro. No total, São Paulo concentra a maioria das pessoas infectadas (19), seguido de Rio de Janeiro (10), Bahia e Rio Grande do Sul (2) e Alagoas, Espírito Santo, Minas Gerais e Brasília (um caso em cada). Em Brasília, no entanto, a Secretaria de Saúde do Distrito Federal confirmou um segundo caso. Trata-se do marido da primeira paciente confirmada em Brasília.

Os casos suspeitos ficaram em 876, um pouco abaixo do total registrados ontem (893). Já os casos descartados somaram 880. A taxa de letalidade (a proporção de mortes em decorrência do vírus pelo número de casos) está em 3,4%.

No panorama global, o número de casos continua subindo. Segundo dados da Universidade Johns Hopkins, que monitora o novo coronavírus em parceria com institutos e ministérios de saúde de diversos países, 121.564 pessoas foram diagnosticadas com Covid-19. O número de mortes, no momento da reportagem, é de 4.373. O número de pessoas que não apresentam mais sintomas após terem sido diagnosticadas – portanto, consideradas curadas – está em 66.239.

Foco nos idosos

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, afirmou hoje (11) ao divulgar boletim de atualização sobre o novo coronavírus que o foco das ações está em “proteger idosos e pessoas com saúde debilitada, principal grupo de risco do coronavírus”. De acordo com os dados mais recentes, o país tem agora 37 dados confirmados de infecção pelo Covid-19.

Medidas no Congresso

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, afirmou na abertura da sessão que o Congresso adotará medidas sanitárias para prevenir a disseminação do coronavírus.

Acompanhe ao vivo

Pandemia

A Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou, há pouco, que o novo coronavírus agora é classificado como pandemia, o que altera o protocolo de ação de países signatários da organização.

Honduras registra dois casos de coronavírus

Passageiros e funcionários circulam vestindo máscaras contra o novo coronavírus (Covid-19) no Aeroporto Internacional Tom Jobim- Rio Galeão. (Fernando Frazão/Agência Brasil)

O governo de Honduras confirmou, hoje (11), os dois primeiros casos de contaminação pelo novo coronavírus (Covid-19) no país. São duas mulheres, uma de 42 anos de idade e outra de 37 anos, ambas procedentes da Europa.

Segundo as autoridades sanitárias hondurenhas, as duas mulheres apresentaram sintomas suspeitos e, após a realização dos exames, os resultados deram positivo e foram aplicados os protocolos correspondentes.

Segundo a Secretaria de Saúde de Honduras, a mulher de 42 anos é hondurenha, está grávida e ingressou no país no dia 4 de março, em um avião proveniente da Espanha. Ela está hospitalizada e seu estado é estável.

A segunda infectada ingressou no país no dia 5 de março, procedente da Suíça, e apresenta um quadro leve, está em isolamento domiciliar e sob observação médica.

Assim como em outros países, Honduras fará o seguimento de todas as pessoas que podem ter tido contato com as infectadas para tomar as medidas de vigilâncias necessárias.

O país ativou a segunda fase do Plano de Contenção e Resposta para conter a propagação da doença e mitigar os impactos na saúde da população.

Outros países

O Panamá registrou a primeira morte de um infectado por coronavírus. Se trata do diretor de uma escola de ensino médio, de 64 anos de idade, que sofria de diabetes e estava com pneumonia bacteriana. No país, há outros oito casos confirmados e 66 em observação.

Na Colômbia foram confirmados mais seis casos hoje (11). Já são nove os infectados.

O Brasil tem 34 pacientes infectados; a Argentina, 19; o Equador, 17; o Chile, 23; a Costa Rica, 13; o Peru, 11; o Panamá, oito; o México, sete; o Paraguai, cinco, e a Bolívia, dois.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui