Mais um assessor que viajou com Bolsonaro é diagnosticado com o coronavírus

0
84
O presidente da Apex-Brasil, Sérgio Segovia, participa de encontro de adidos agrícolas brasileiros, promovido pela Apex-Brasil

O presidente da Agência Brasileira de Promoção à Exportação (Apex), Sérgio Segovia, teve resultado positivo no teste para o novo coronavírus. Ele é o 18º integrante da comitiva que viajou com o presidente Jair Bolsonaro aos Estados Unidos, há cerca de 10 dias, a ser infectado com o vírus. Os ministros Augusto Heleno, do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), e Bento Albuquerque, de Minas e Energia, também testaram positivo para a doença.

Em sua live semanal transmitida pelo Facebook nesta quinta-feira (18), Bolsonaro disse que conversou com Segovia e também atualizou a situação do general Heleno.

“Acabei de ter informação do presidente da Apex, o nosso almirante Segovia, que deu positivo coronavírus. Perguntei para ele se estava sentindo alguma coisa, ele falou que ‘nada, nada’. Tudo normal, a vida dele. Ele deve ter os seus 55 anos de idade, um pouquinho menos. Conversei agora com o general Heleno, que tem, se eu não me engano, 74 anos de idade, e está no quarto dia que deu positivo o coronavírus nele. ‘Como é que está se sentindo, general?’. Ele falou: ‘nada, inclusive acabei de fazer 50 minutos de bicicleta'”, relatou.

No último balanço divulgado pelo Ministério da Saúde, foram contabilizadas seis mortes decorrentes do novo coronavírus. Os casos confirmados saíram de 428 para 621 entre ontem (18) e hoje (19).

Agência Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui