Operação “Coronavírus” orienta e fecha estabelecimento na Capital

0
260

DICOM -SSP

Sinopse: Ação foi realizada pelas Forças de Segurança na noite deste sábado, 21, em quadras e setores da Capital

Com o objetivo de orientar e fechar estabelecimentos comerciais em desacordo com os decretos do Governo do Estado (nº 6.072) e do município de Palmas (nº 1859 ), editados para o enfrentamento da Covid-19, equipes das Forças de Segurança, compostas por policiais Civis do Grupo de Operações Táticas Especiais (GOTE), militares, guardas metropolitanos, agentes de trânsito, além de fiscais de obras e posturas, realizaram na noite deste sábado, 21, mais uma etapa da operação “Coronavírus” para assegurar o cumprimento dos decretos e, assim, evitar aglomerações de pessoas e a disseminação da Covid-19.

Formado por dezenas de viaturas, o comboio iniciou a operação na quadra 1.003 sul, onde foram apuradas denúncias sobre aglomeração de pessoas em uma casa de eventos. Logo em seguida, as equipes fizeram patrulhamento nas Avenidas LO-27 e NS-04, e orientaram o proprietário de uma distribuidora de bebidas sobre as normas decretadas.

O comboio com as forças de segurança partiu para a região sul da Capital e percorreu os  setores Taquari, Santa Bárbara, Avenida Tocantins em Taquaralto, Jardins Aureny’s, e Bertaville. Em algumas destas localidades, foram constatadas apenas barracas de rua que também foram fechadas e seus proprietários devidamente orientados.

Fechamento

As equipes verificaram também denúncias de que uma distribuidora, localizada na quadra 1.006 Sul, estaria funcionando de forma irregular. Desse modo, os agentes foram até o local, que já havia sido visitado poucas horas antes, no intuito de apurar a situação. No entanto, houve resistência por parte do estabelecimento e diante do flagrante, os fiscais de obras e posturas lavraram os autos de infração e fecharam o local.

As abordagens seguiram para quadra 1.104 sul e, logo após, ao setor Fumaça, onde foi feita completa averiguação no sentido de coibir o funcionamento de estabelecimentos comerciais em desacordo com os decretos. Todas as denúncias foram averiguadas, os estabelecimentos orientados e apenas um fechado coercitivamente.

Êxito

Encerrada pouco depois da meia noite, a operação cumpriu os objetivos propostos. As operações envolvendo as Forças de Segurança vão continuar, mas é de máxima importância que todos contribuam para o êxito das ações, que cumpram os decretos governamentais e permaneçam em suas casas, saindo apenas em caso de extrema necessidade.

Calamidade Pública

Com o objetivo de adotar medidas ainda mais complexas e reunir esforços no combate à pandemia do novo Coronavírus, o Governo do Tocantins editou na noite deste sábado, 21, o Decreto nº 6072, declarando situação de calamidade pública em todo território tocantinense.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui