Sergio Moro deixa Ministério da Segurança e Militar pode assumir

0
425

Da Redação

Sergio Moro não é mais ministro da Justiça e da Segurança Pública. Ele deixa o governo juntamente com o delegado Maurício Valeixo, que foi exonerado hoje. Valeixo era homem de confiança de Moro.

Reação ao Congresso?

A saída de Moro é preocupante, porém, também pode ser interpretada como mais um canal aberto para que o presidente Jair Bolsonaro coloque um militar em mais uma pasta importante do seu Governo, o tornando ainda mais militarizado.

Caso a previsão ocorra, a situação pode significar futuras reações contra o Congresso Nacional que, nos últimos dias, têm sido a pedra no sapado da gestão atual. Não pegaria bem para Moro estar presente à qualquer reação que fosse comandada pelas Forças Armadas atendendo convocação do Palácio do Planalto que, por sua vez, alegaria estar ouvido o pedido “das ruas”.

O nome mais cotado é o do coronel da reserva, João Alberto Fraga Neto, um militar político formado em direito, administração e educação física,e mestre em Segurança Pública.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui