Preso que fugiu de Paraíso teria sido morto em confronto com a polícia em Alagoas

0
289
CPP DE PARAÍSO DO TOCANTINS

Da Redação

A imagem pode conter: 1 pessoa, close-up

Um preso que fugiu de Paraíso do Tocantins no dia 1º de novembro de 2018 teria sido morto nesta quinta-feira, 21, em confronto com a Polícia Rodoviária Federal no estado de Alagoas. A informação é do site GazetaWeb.

O fugitivo de Paraíso, conhecido pelo nome de Leandro, junto com um comparsa, que também foi a óbito, teria praticado assalto na região de Tanque D’Agua, que fica próxima à Maceió. Eles trocaram tiros com a polícia segundo a reportagem.

Leandro conseguiu escapar da CPP de Paraíso junto com outros dois presos, que foram recapturados pela Polícia Civil local, no mato Grosso. Um deles havia sido preso pela Polícia Federal em operação realizada contra o tráfico de drogas simultaneamente no Mato Grosso, Pará, Maranhão e Paraíso do Tocantins.

Não há informações se a família de Leandro reside em Paraíso, ou em outra cidade da região.

LEIA ÍNTEGRA DA MATÉRIA E ACOMPANHA O LINK OFICIAL ABAIXO:

Após receberem informações de que dois homens, em uma motocicleta vermelha, tinham assaltado um motorista na região de Tanque D’Arca e haviam fugido em direção a Maceió, agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) conseguiram abordar os suspeitos de praticar diversos assaltos em Rio Largo, Pilar e Atalaia, porém, houve confronto. Os homens reagiram à abordagem, efetuaram disparos e os agentes revidaram à ação, que resultou na morte da dupla. A ocorrência começou na noite da quarta-feira (20), quando uma equipe da PRF fazia patrulhamento ostensivo na BR-101 e cruzou com a motocicleta.

Passava das 21h, quando policiais rodoviários federais receberam informações de que dois homens, em uma motocicleta vermelha, tinham assaltado um motorista na região de Tanque D’arca e fugido em direção a Maceió. Os policiais começaram a fazer buscas pelo trecho com intuito de abordar veículos de duas rodas. Ao passarem pelo km 94, da BR-101, em Rio Largo, os agentes notaram dois homens sem capacete em uma motocicleta, com as mesmas características recebidas. Eles tentaram parar o veículo, mas os suspeitos seguiram em fuga.

Após quilômetros de acompanhamento, eles entraram em uma vicinal e o passageiro da moto começou a atirar contra a viatura. Os policiais reagiram à agressão e houve troca de tiros. O condutor da motocicleta acabou fugindo a pé pelo matagal e o passageiro ficou ferido no local. De imediato, os agentes solicitaram socorro ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que, quando chegou ao local, atestou o óbito do indivíduo. Ele portava um revólver calibre 38, com numeração raspada, e seis munições, sendo quatro delas deflagradas. As equipes permaneceram no local fazendo buscas.

Já pela manhã (21), por volta das 7h, a PRF recebeu informações de usuários de que um homem ferido pedia socorro num local próximo dali. Os policiais se deslocaram ao trecho e, mais uma vez, foram surpreendidos com tiros. Os agentes revidaram e ele acabou não resistindo. A viatura foi alvejada, mas nenhum policial ficou ferido. Com o homem, mais um revólver calibre 38 e um simulacro de arma de fogo foram apreendidos. Além disso, quatro celulares foram encontrados com a dupla, possivelmente produtos de roubo.

Os homens não tinham documento pessoal e, até o momento, não foram identificados. A motocicleta que eles usavam estava com a placa dobrada, para dificultar sua visualização. Toda a ocorrência foi encaminhada para a Polícia Federal (PF), em Maceió.

MATÉRIA OFICIAL AQUI:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui