Polícia Civil apreende drogas, armas de fogo e prende três traficantes em Lagoa da Confusão

0
179

No final da manhã desta terça-feira, 2, policiais civis da 58ª Delegacia de Polícia de Lagoa da Confusão, coordenados pelo delegado Andreson Alves, deflagraram mais uma ação de combate à criminalidade naquele município, que resultou nas prisões de quatro homens suspeitos por tráfico de drogas, bem como na apreensão de armas de fogo, porções de drogas e mais de R$ 3 mil reais em dinheiro.

De acordo com delegado Andreson Alves, devido a fortes suspeitas de envolvimento com o tráfico de drogas na cidade, os suspeitos estavam sendo monitorados. “Por essa razão solicitamos ao Poder Judiciário mandados de busca e apreensão nas quatro residências dos suspeitos e, acabamos por confirmar a suspeita de que os locais estavam sendo utilizados para a prática de ilícitos”, explicou o Delegado.

Conforme Andreson Alves, de posse das ordens judiciais, os policiais da 58ª DP, com apoio de agentes da Delegacia de Cristalândia, Divisão Especializada de Combate ao Crime Organizado (DEIC), bem como demais agentes da 5ª Regional de Polícia Civil de Paraíso, foram até os endereços dos imóveis, onde após minuciosas buscas localizaram e apreenderam duas armas de fogo, sendo um revólver calibre 32 e uma escopeta calibre 36.

Em seguimento às buscas, os policiais também localizaram porções de crack, cocaína, balanças de precisão, bem como R$ 3 mil reais, em espécie, dinheiro proveniente da venda de substâncias entorpecentes. Diante dos fatos, os quatro homens foram conduzidos até a sede da 58ª DP, sendo que dois indivíduos de 18 anos e um de 19 anos foram autuados em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo.

O quarto homem, de 37 anos, havia sido detido por posse ilegal de arma de fogo, mas recolheu aos cofres públicos a quantia arbitrada como fiança pela autoridade policial e com isso, obteve o direito de responder ao processo em liberdade conforme determina a legislação vigente.

Ainda na unidade policial, o delegado deu cumprimento a mandado de internação por ato infracional análogo a latrocínio contra um dos indivíduos, fato praticado na cidade de Lagoa da Confusão, quando o suspeito era menor de idade.

Após a realização dos procedimentos legais cabíveis, os três indivíduos foram recolhidos à Cadeia Pública de Paraíso do Tocantins, onde se encontram à disposição do Poder Judiciário.

Rogério Oliveira

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui