Governo do Tocantins alerta produtor rural sobre prazo de comprovação da vacina contra brucelose

0
67

O Governo do Tocantins, por meio da Agência de Defesa Agropecuária (Adapec), alerta os produtores rurais para ficarem atentos ao prazo final para a declaração da primeira etapa de vacinação contra a brucelose que encerrará no próximo dia 10 de agosto.

Para fazer a declaração, o produtor rural deve apresentar, no órgão, a nota fiscal da vacina e o atestado de vacinação. “Vale ressaltar que a vacinação contra a brucelose e a sua declaração são obrigatórias, por isso, o produtor que deixou de vacinar as bezerras na idade vacinal de 3 a 8 meses, no primeiro semestre, pagará multa no valor de R$ 5,32 por animal não vacinado e terá que realizar a vacinação. Já a multa por não declarar a vacinação no prazo estipulado é de R$ 127,69. Além disso, a ficha de movimentação do rebanho ficará bloqueada para a emissão da Guia de Trânsito Animal (GTA) até a regularização”, explica a responsável técnica pelo Programa Estadual de Erradicação da Brucelose e Tuberculose, Carolina Silveira.

O prazo da vacinação encerrou no dia 30 de junho e a comprovação que encerraria no dia 10 de julho foi prorrogada, pela Adapec, até 10 de agosto, em virtude da pandemia da Covid-19, como medida para evitar aglomerações de pessoas nos escritórios de atendimento da Agência.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui