Paraíso perde mais 2 de seus filhos para a covid-19 e chega a 18 óbitos

0
440

Da Redação

A imagem pode conter: 1 pessoa, close-up
CARLOS HENRIQUE: EX-SECRETÁRIO E GERENTE DA SICOOB

Um sábado triste para a população paraisense. Nesta data, a cidade perde só nesta manhã dois moradores para a covid-19.

O primeiro óbito aconteceu no IOP, em Palmas. A vítima foi o ex-gerente da Sicoob Tocantins, e ex-secretário de administração e finanças da prefeitura, Carlos Henrique.

A segunda vítima foi o senhor, Valdemir Ferreira Castelo Branco, 80 anos, ele estava internado no Hospital Regional. A vítima deu entrada nesta sexta e seu caso evoluiu rapidamente. O corpo foi levado direto para o Cemitério. Velórios de vitimas da covid-19 são proibidos, o que aumenta ainda mais as dores das famílias.

A cidade de Paraíso tem oficialmente 806 pessoas diagnosticadas com a covid-19. No entanto, esse número pode ser muito maior, já que várias pessoas infectadas preferem fazer o tratamento em casa, até pela dificuldade de atendimento. Moradores precisam madrugar na fila de um único posto de saúde para ser atendido. O limite é 40 pessoas por dia.

Até esta sexta, 7, pelo menos 248 paraisenses aguardavam resultados de testes da covid. A cidade ainda tem vários moradores internados em estado grave. Com as duas mortes desta sábado, Paraíso chega a 18 óbitos, sendo dois em outros estados.

Por abandono das autoridades ao longo dos anos, o Hospital Regional local não tem UTI e a situação no município é de calamidade pública. Só existe uma maneira de se livrar da doença: É cada um cuidando de si e de sua família.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui