Em 100º jogo pelo Tricolor, Pepê decide Gre-Nal da Libertadores

0
84

No segundo clássico Gre-Nal pela Libertadores, melhor para o Grêmio. Nesta quarta-feira (23), o Tricolor foi superior ao Internacional na maior parte dos 90 minutos e derrotou o maior rival por 1 a 0, pelo Grupo E. O resultado no Beira Rio, pela quarta rodada da primeira fase, levou os gremistas aos mesmos sete pontos do Colorado, que segue na ponta da chave pelo saldo de gols (3 a 1). Os gaúchos têm três pontos de vantagem para o América de Cali, da Colômbia, que está em terceiro.

O triunfo ameniza a pressão em cima do elenco gremista e do técnico Renato Portaluppi, mas em nada ajuda o Inter, que viu o jejum de vitórias no clássico chegar a 10 partidas. Além disso, o Colorado não balança as redes em um Gre-Nal há seis jogos.

O Inter teve a posse de bola em quase 60% do primeiro tempo e deu o único chute à meta dos 45 minutos iniciais, mas foi o Grêmio que comandou as ações. Além de pressionar a saída de bola rival, o Tricolor apostou com êxito na velocidade pelos lados do campo, especialmente na direita, com o atacante Alisson e o lateral Luís Orejuela atacando Matheus Jussa. Volante de ofício, ele atuou improvisado na lateral esquerda no lugar de Uendel, contaminado pelo novo coronavírus (covid-19). A equipe de Renato, porém, finalizou mal quando teve a chance.

Na etapa final, as equipes, enfim, criaram lances de perigo. O Inter teve a primeira oportunidade aos 12 minutos, em uma cabeçada do atacante Thiago Galhardo defendida pelo goleiro Vanderlei. Dez minutos depois, o atacante Pepê recebeu do centroavante Diego Souza e tentou a cavadinha para encobrir o goleiro Marcelo Lomba, mas mandou para fora.

Mas, aos 28, Pepê não desperdiçou. O atacante, em seu 100ª jogo pelo Tricolor, recebeu passe do volante Darlan, cortou para dentro e arrematou de fora da área, no canto esquerdo de Lomba, para abrir o marcador. A resposta colorada veio aos 30, em voleio do atacante Abel Hernandez, defendido por Vanderlei. Quatro minutos depois, o meia Andrés D’Alessandro cobrou falta na área, mas Galhardo, de cabeça, mandou ao lado da meta. O Inter não conseguiu dar sequência à pressão e o Grêmio retomou o controle da partida até o apito final.

As equipes voltam as atenções à Série A do Campeonato Brasileiro. Neste sábado (26), o Internacional recebe o São Paulo no Beira Rio, às 19h (horário de Brasília). Às 21h do mesmo dia, o Grêmio visita o Atlético-MG no Mineirão.

Palmeiras no zero

O Palmeiras ficou no 0 a 0 com o Guaraní, do Paraguai, no estádio Defensores del Chaco, em Assunção, e perdeu a chance de assegurar a classificação antecipada às oitavas de final da Libertadores. A igualdade manteve o Verdão na liderança do Grupo B, ainda invicto, com 10 pontos, três a frente do próprio time paraguaio.

No primeiro tempo, o Alviverde teve como melhor lance um chute de longe do volante Gabriel Menino, aos 11 minutos, que o goleiro Gaspar Servio espalmou. Aos 29, a resposta do Guaraní veio com o atacante Fernando Fernández, que acertou a trave do goleiro Weverton. Na etapa final, os paraguaios aproveitaram um erro na saída de bola do Palmeiras e assustaram novamente, em um chute de primeira do volante Jorge Morel, que Weverton rebateu.

Pouco inspiradas, as equipes não criaram mais oportunidades e a partida se arrastou até o apito final. Destaque à atuação do zagueiro e capitão Gustavo Gómez, do Palmeiras, que bloqueou diversas tentativas de ataque do Guaraní.

O próximo compromisso do Palmeiras é pelo Brasileirão. Às 16h de domingo (30), a equipe mede forças com o Flamengo, no Allianz Parque. Já pela Libertadores, o Verdão joga na quarta-feira da próxima semana (30), às 19h15, contra o Bolívar, também em casa. Um empate garante o time paulista na próxima fase.

Sport mantém embalo no Brasileirão e complica vida do Corinthians

Na estreia do meia Thiago Neves pelo Sport, quem decidiu foi Iago Maidana. Eficiente na defesa, o zagueiro cobrou o pênalti que decidiu a vitória do Sport sobre o Corinthians, por 1 a 0, na partida antecipada que inaugurou a 12ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. O resultado desta quarta-feira (23), na Ilha do Retiro, levou o Leão pernambucano a 17 pontos, na sétima posição. Foi a quarta vitória da equipe rubro-negra, dirigida por Jair Ventura, nos últimos seis jogos.

O Timão, com 12 pontos, é apenas o 13º colocado, mas pode até cair para a zona de rebaixamento no complemento da rodada, se Atlético-GO, Athletico-PR (ou Botafogo, adversário do Furacão no fim de semana), Coritiba ou Red Bull Bragantino vencerem seus compromissos. Foi a terceira derrota de Dyego Coelho em quatro partidas no comando do Alvinegro. Ele assumiu o cargo, de forma interina, após a demissão de Tiago Nunes.

Apesar de o Corinthians ter acertado a trave com o atacante Everaldo, o primeiro tempo teve domínio do Sport. A bola, porém, só balançou as redes em uma cobrança de pênalti. Aos 36 minutos, o chute do meia Jonathan Gomez pegou na mão de Everaldo, dentro da área. Iago Maidana deslocou o goleiro Cássio na batida e colocou o Rubro-Negro na frente.

Na etapa final, o Timão reclamou de penalidade não marcada após a bola cabeceada pelo meia Luan desviar no braço do lateral Sander. O Sport assustou a equipe paulista em chutes de Gomez, de fora da área, e Thiago Neves, que parou nos pés de Cássio. O Corinthians, com dificuldade para trabalhar a bola no campo rubro-negro, insistiu em bolas alçadas na área. Nos acréscimos, os alvinegros contestaram mais um suposto pênalti não assinalado (um toque da bola no braço de Iago Maidana após escorada de cabeça do zagueiro Gil). O time da casa segurou a pressão e comemorou a vitória.

O Sport só volta a jogar no próximo dia 4 de outubro, um domingo, às 18h15 (horário de Brasília), contra o Bahia, em Salvador. Já o Corinthians enfrenta o Atlético-GO na próxima quarta-feira (30), às 21h30, em partida que foi adiada da primeira rodada do Brasileiro devido ao Timão estar envolvido com a decisão do Campeonato Paulista.

Veja a classificação atualizada do Brasileiro da Série A.

Agência Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui