Em Gurupi, onde cumpriu agenda de trabalho nesta segunda-feira, 9, o governador do Estado do Tocantins, Mauro Carlesse; e o diretor-presidente da BRK Ambiental, Thadeu Pinto, assinaram anuência para contratação de um empréstimo de R$ 713,1 milhões para saneamento básico. A contratação do empréstimo vai viabilizar à BRK Ambiental realizar melhorias e ampliações dos serviços de água e esgoto em 11 municípios tocantinenses. Governo do Tocantins é um dos acionistas da empresa e parceiro na área de saneamento. Para contratação de qualquer empréstimo, é necessária a anuência do governador, que, na oportunidade, visitou a Estação Elevatória de Esgoto Pouso do Meio e as obras coletores de esgoto em andamento no centro da cidade. Do valor total que será investido nos serviços de água e esgoto no Tocantins nos próximos anos, cerca de R$ 135,4 milhões serão destinados à ampliação dos serviços de esgotamento sanitário em Gurupi. A previsão da empresa é que este serviço seja universalizado até dezembro de 2024, ou seja, quando 80% da população tiver acesso ao sistema de coleta e tratamento de esgoto. Já o atendimento com água tratada, segundo a empresa, é universalizado, com 100% da população atendida na cidade. Para o governador Mauro Carlesse, esses investimentos são de uma grandeza incalculável e vão impactar diretamente vários setores, principalmente a saúde. Ressaltou-se que essas obras deveriam ter sido realizadas há muito tempo e não é justo que muitas localidades tenham o seu desenvolvimento comprometido em função da ausência de serviços básicos. “Não é justo uma cidade do porte de Gurupi, a exemplo de outras localidades no Estado, ainda não conte com rede de esgoto. É muito importante, principalmente no aspecto da saúde das pessoas. Cada real investido em saneamento representa R$ 4 economizados com saúde. Então esse investimento representa saúde para os gurupienses, além das pessoas das outras localidades que serão beneficiadas”, explicou o Governador. Por sua vez, o presidente da BRK Ambiental destacou que é um orgulho muito grande participar dessa parceria com o Governo do Tocantins, para complementar os serviços de saneamento aos tocantinenses. “Os serviços de água já estão universalizados nas localidades de competência da BRK e esse empréstimo vai permitir avançarmos é universalizarmos o esgoto. A BRK se orgulha muito de participar desse processo”, afirmou. Peixe O município de Peixe receberá, nos próximos anos, o investimento de R$ 8,4 milhões na ampliação do sistema de esgotamento sanitário, com a previsão de universalizar o serviço em dezembro de 2023. No município, também já foi universalizado o acesso à água tratada, com 100% da população urbana atendida. Com a realização desses novos investimentos, a empresa quer avançar na universalização dos serviços de água e esgoto nos municípios atendidos pela BRK. Desde que assumiu a concessão, em 2017, a BRK garante que já investiu mais de R$ 440 milhões na melhoria e na ampliação de sistemas de abastecimento de água e de esgotamento sanitário no Estado. Municípios O empréstimo vai beneficiar diretamente a população das cidades de Gurupi, Peixe, Araguaína, Colinas, Porto Nacional, Dianópolis, Taguatinga, Aguiarnópolis, Guaraí, Miracema e São Miguel. Os investimentos em saneamento básico refletem diretamente em melhorias de indicadores de saúde, educação e qualidade de vida. Segundo a Organização Mundial da Saúde, a cada R$ 1 investido em saneamento, economiza-se R$ 4 em gastos com saúde. Participaram do evento o secretário-chefe da Casa Civil, Rolf Vidal; o presidente da Agência Tocantinense de Saneamento, Davi Gouveia Júnior; o diretor de Operações e Engenharia, Frederico Hupsel; o gerente de Engenharia, Victor Fraca e outros executivos da empresa.

0
135

s esforços do Governo do Tocantins, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), em conjunto com as gestões municipais, em garantir a menor propagação do novo Coronavírus e o atendimento pontual em caso de contaminação resulta em números positivos. Mais de 85% dos pacientes infectados pela Covid-19 no Tocantins já estão recuperados da doença, segundo dados do último relatório situacional divulgado pela pasta.

Atualmente, o Tocantins contabiliza 239.937 pessoas notificadas com a Covid-19 e acumula 76.860 casos confirmados. Destes, 65.906 pacientes estão recuperados, 9.840 pacientes seguem em isolamento domiciliar ou hospitalar e 1.114 pacientes foram a óbito.

Segundo o secretário de Estado da Saúde, doutor Edgar Tollini, desde o início da pandemia, a gestão estadual não mediu esforços para conter, de forma efetiva, a proliferação do novo Coronavírus. “O Tocantins sempre se manteve em posições de controle nos rankings epidemiológicos do país e está entre os estados brasileiros com menor taxa de letalidade da doença – 1,4%. Além disso, também foi o Estado que mais investiu recursos na saúde, 17,86% da receita corrente líquida”, afirma.

Edgar Tollini ressalta ainda que a pandemia não acabou e que todos os cuidados, como meios de prevenção, permanecem inalterados, como o distanciamento, assepsia e uso de máscara. “O objetivo é cuidar da saúde de todos e salvar vidas”, enfatiza.

Hospitalizações

Desde o início do registro de casos da Covid-19 no Tocantins, ocorreram 2.225 internações de pacientes confirmados positivos em unidades hospitalares sob gestão estadual, sendo 1.829 (82,2%) internações em leito clínico e 396 (17,8%) em UTI. Neste período, ocorreram 1.266 altas.

Uma dessas altas é do paciente Evangelista Ribeiro de Souza, de 67 anos, que estava internado no Hospital Estadual de Combate à Covid-19, administrado pelo Instituto Saúde e Cidadania (Isac), em Palmas, onde permaneceu por seis dias e recebeu alta nesta segunda-feira, 9.

Outra celebração da vida ocorreu no Hospital Geral de Palmas (HGP), onde a paciente Mariana Helena Moreira Rocha permaneceu por 11 dias internada na UTI Covid-19 e recebeu alta no dia 30 de outubro.

Ampliação

O Governo do Tocantins mantém esforço contínuo para garantir o atendimento em saúde à população. Dentre as ações de destaque está a entrega, no último dia 30 de outubro, dos primeiros 25 leitos clínicos do Hospital Geral de Gurupi (HGG), aumentando a oferta de vagas em leitos exclusivos para a Covid-19 que irão atender pacientes acometidos pela doença na região sul do Estado. Com a inauguração, a cidade de Gurupi passa a contar com 70 leitos, dos quais 20 são Unidades de Tratamento Intensivo (UTIs).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui