Prefeitos da região norte do Tocantins comemoram início das obras do Hospital Geral de Araguaína

0
169

construção do Hospital Geral de Araguaína (HGA) é um sonho antigo da população da região norte, que tem o município como referência para os serviços de saúde de média e alta complexidade. A expectativa dos prefeitos da região é que a fila de espera por esses procedimentos venha a zerar e que os moradores possam contar com um serviço de saúde mais qualificado. A Ordem de Serviço para o início imediato das obras será assinada nesta sexta-feira, 5, às 10 horas, pelo governador do Estado do Tocantins, Mauro Carlesse, no canteiro de obras do HGA.

Nesta quinta-feira, 4, prefeitos da região norte do Estado comemoraram o anúncio do Governo do Tocantins. O prefeito de Araguaína, Wagner Rodrigues, ressalta que a saúde tem que ser prioridade para todo gestor público. “Somos referência em saúde para a população de 64 municípios mais Araguaína. Por isso, o HGA é importante e tão sonhado por todos aqui para suprir a demanda. Acontece que o Hospital Regional de Araguaína é a referência também para aquelas pessoas com condições financeiras devido às especialidades que possui como ortopedia e oncologia. É importante que o Governo do Tocantins tenha esse olhar, a saúde tem que ser prioridade. A população do centro-norte do Estado aguarda esse Hospital há anos”, ressalta.

O prefeito de Nazaré, Clayton Rodrigues, considera a construção do HGA um passo importante para a melhoria dos serviços de saúde na região. “Vai facilitar muito para a nossa região, principalmente quanto às cirurgias eletivas, que têm uma fila interminável. Com o Hospital, vamos ter mais leitos para possibilitar esse atendimento. Aqui, nós proporcionamos o atendimento básico, temos só postos de saúde. Araguaína é nossa referência em serviços de média e alta complexidade. Então, essa obra representa um novo alento para todos os moradores”, destaca.

O prefeito Clayton Rodrigues ainda ressalta o empenho da Gestão Estadual em tornar esse hospital realidade. “É um passo importante esse início das obras e vamos esperar a conclusão ainda na Gestão do governador Mauro Carlesse, que vem mudando o rumo do Estado, propiciando investimentos e obras que são fundamentais para o desenvolvimento do Tocantins”, complementa.

A prefeita de Xambioá, Patrícia Evelin, acredita que a melhoria dos serviços de saúde na região trará, aos moradores, uma maior qualidade de vida. “Para a nossa região, é uma obra importantíssima, porque a gente sofre ao ver as pessoas que precisam fazer cirurgias e têm que enfrentar uma fila de espera grande. Com essa obra, vamos poder atender, fazer a fila andar. Vai tirar muitas pessoas daquele desânimo em tentar uma cirurgia e ter a sensação de que não vai conseguir. Então, esse hospital vai mudar esse cenário e proporcionar saúde de qualidade aos moradores da região norte”, afirma.

O município de Xambioá conta com um Hospital de Referência, mas é de pequeno porte e não consegue atender demandas mais complexas. “Conseguimos fazer algumas cirurgias, mas não temos leitos de UTI [Unidade de Terapia Intensiva] para fazer procedimentos mais complexos e a procura é grande nessas áreas de cardiologia, ortopedia, neurologia, entre outras. Eu estou muito feliz em saber que esse Hospital está perto de se tornar realidade. Parabenizo o governador Carlesse pelo empenho e pela atitude de conseguir fazer uma obra dessa magnitude”, complementa a prefeita Patrícia.

Bico do Papagaio

O prefeito de Axixá do Tocantins, Auri Wulange, também ressalta o empenho da Gestão Estadual em proporcionar melhorias para a área de saúde na região norte. “O efetivo início das obras do Hospital Geral de Araguaína vem ao encontro de um anseio antigo do povo da região norte do Tocantins, especialmente do Bico do Papagaio, que sempre teve Araguaína como referência na área de saúde. O Governador com sua visão empreendedora, especialmente a sua sensibilidade em relação às questões afetas à saúde dos municípios do norte do Tocantins, agora inicia a resolução definitiva de todas essas questões. Teremos à disposição da população da região do Bico do Papagaio um hospital dos mais modernos do Brasil”, ressalta.

HGA

A obra de construção do Hospital Geral de Araguaína está dividida em três etapas e, para a primeira etapa, estão sendo destinados R$ 30 milhões do orçamento do próprio Estado.

Quando estiver pronto, o HGA contará com 400 leitos, subdivididos da seguinte forma: 120 leitos para clínica médica, 87 leitos de cirurgia, 70 leitos de ortopedia, 11 leitos de psiquiatria, dois leitos de obstetrícia, dois leitos de pediatria, 28 leitos para especialidades diversas, 60 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 20 leitos de Unidade de Cuidado Intermediário; além de Pronto-Socorro para atendimento diário de mais de 150 pessoas, setores de oncologia, de diálise, laboratórios e toda a área administrativa.

Vania Machado

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui