Então Não Colaboramos?! Um ano de covid-19 e o resultado não é o que esperávamos. Help!!!

1
81
Editorial
O mundo, em março de 2020, afirmava que, possivelmente, hoje já estaríamos livres das infecções da covid-19.
Naquela época, havia uma esperança sendo plantada entre as nações, que nada mais era do que pregações de possibilidades sem que houvesse nenhum conhecimento do que a bilionária China havia nos preparado.
Nesse intervalo de tempo, apenas a própria China começa a colher os frutos da safra que ela plantou, a covid. Suas vacinas, que possivelmente foram planejadas de forma antecipada, já geram grandes lucros ao país oriental.
Sem provas, ou incompetente, o resto do mundo não se arrisca a acusar os chineses pelo caos causado às nações. Não a responsabiliza e apenas se vendem cada vez mais.
Milhões já morreram por causa da doença e milhões podem morrer. Enquanto isso, não se tem conhecimento do que ocorre em terras chinesas nesse momento.
Enquanto países vítimas lutam para desenvolver e comprovar as vacinas da primeira covid, (que só matava velho) a China já foi à lua colher material de uma área nunca antes visitada e já retornou. Não se sabe para quê esse material será utilizado.
Hoje, um ano após os primeiros casos de covid-19 no Brasil, mais de 250 mil pessoas já morreram. (Em todo o mundo foram mais de 2 milhões e meio de óbitos)
Agora, com as mutações do brinde chinês, as autoridades brasileiras entram em parafuso com a chegada de novas cepas que contaminam mais rápido e não mais escalonam a questão da idade.
É POSSÍVEL VIVER E CONVIVER COM A COVID-19 NO BRASIL?
É preciso reagir. Essa é a certeza que temos. Ou se morre de covid entubado em um hospital (se tiver vaga) ou morremos dentro de casa com fome, de tédio ou depressão.
Porém, a incerteza sobre onde os males desse vírus vai chegar aterroriza os seres humanos em todo o mundo. Se antes eram os velhos que morriam, agora até os recém-nascidos estão na lista. Não existe mais uma faixa etária pré-estabelecida.
A mutação programada do, cada dia mais novo, coronavírus, deixa de interessar somente aos idosos e comórbidos, e passa a ser uma preocupação de todas as faixas etárias.
Enquanto isso, aqui na “terrabrasil”, e por sermos um continente, a previsão é que viveremos situações drásticas exatamente porque não atendemos às recomendações das autoridades de saúde. O FIQUE EM CASA ETC…
Mais além, os ladrões do colarinho branco, aproveitam e vão aproveitar cada vez mais, a situação caótica que esse País pode viver nos próximos dias. (Ladrões do colarinho branco no Brasil incluem membros do executivo, legislativo, judiciário e muitos outros)
A SAÍDA?
Só teremos algumas opções: Resistir, trabalhar, se cuidar e fiscalizar….. até que as forças armadas tomem as providências necessárias. Porque, pelo que parece, não haverá outro jeito.
E, ainda pelo que parece, não queremos dar esse jeito.
É exatamente por esses motivos e por essas desilusões que… NÃO COLABORAMOS AINDA. 
E a covid-19 acaba ficando cada vez mais próxima.

 

Elvecino Benício

1 COMENTÁRIO

  1. Parabéns, Elvecino pelo texto/opinião apresentado: “Como é possível conviver com covid 19 no Brasil?” Retrata visivelmente como nós estamos diante dessa pandemia criada pelo o homem. O acontece é, se correr o bicho pega e se ficar o bicho como (corono vírus) . Não se pode perder as esperanças, pois o Deus Supremo, vai nos libertar desses males.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui