Educação de Paraíso já havia decidido parar por 15 dias, e Igreja Católica suspende missas

0
176
MEMBROS DO COE TESTAM ESPAÇOS EM SALAS DE AULAS DO MUNICÍPIO DE PARAÍSO

Da Redação

A informação ainda não foi publicada oficialmente pela prefeitura de Paraíso, más levantamento feito pelo Portal Benício assegura que a Secretaria de Educação municipal já havia decidido paralisar as aulas presenciais, antes mesmo do decreto do Governo, anunciado nesta sexta, 12. O prazo é de 15 dias.

O motivo foi o crescimento do número de casos de covid-19 no Município, no Estado e no País. As autoridades de saúde já previam que o mês de março, um ano do início da pandemia, seria um momento crítico, principalmente após a confirmação de variantes da doença que contaminam com maior rapidez.

Com aulas presenciais para as 4ª e 5ª séries desde o dia 1º de fevereiro, a Educação municipal não registrou nenhum caso de covid-19 entre os alunos que estavam em sala de aula. As demais turmas, incluindo as creches, seguiram com aulas remotas.

De acordo com o secretário municipal de educação, Professor Deley Oliveira, a estrutura montada nas escolas garantiram a proteção aos alunos. No entanto, segundo ele, chegou o momento de cada um fazer a sua parte.

“Faremos uma parada por 15 dias. Evitar é sempre bom, e chegou o momento de cada um, escolas, igrejas, clubes, bares e toda sociedade fazer a sua parte” disse o Secretário.

IGREJA CATÓLICA TAMBÉM SUSPENDE PROGRAMAÇÕES

Durante a tarde desta sexta-feira, 12, líderes da paróquia São José Operário, em Paraiso do Tocantins, se reuniram para debater os próximos passos da igreja católica e comunidades em relação às celebrações das missas presenciais.

Em razão do decreto municipal 612/2021 de 08 de Março, os encontros de grupos e movimentos já estavam suspensos, em razão do mesmo e visando a saúde e bem estar dos paroquianos, o Pároco Padre Walteir Magalhães informa que após a realização da reunião, as missas presenciais aos fins de semana na igreja matriz e comunidades estão suspensas. Como alternativa, haverá missa de segunda a sexta-feira as 19h somente na igreja Matriz. É indispensável o uso de máscara e o distanciamento social.

Aos domingos, haverá celebração online as 7h e as 19hrs, que serão transmitidas através de redes sociais.

O curso de noivos que aconteceria neste fim de semana segue marcado, porém, acontecerá de forma online, assim como o curso de batizado e as aulas de catequese.
Estão liberadas as missas de sétimo dia na igreja matriz, os batizados, que deverão ser marcados com antecedência e com o mínimo de pessoas possível, as missas de segunda a sexta-feira como já foi citado e na quarta feira as 15hrs a novena do perpétuo socorro.

A decisão segue até às véspera do domingo de Ramos e da semana santa, no dia 27/03 quando será realizada uma nova reunião entre os líderes paroquianos para analisar a situação e dar os próximos passos. (Ascom)

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui