Sedentarismo atinge 62% dos brasileiros durante a pandemia

0
174

O problema do sedentarismo também pode causar alterações vasculares, de acordo com outra pesquisa da Faculdade de Medicina (FM), da Universidade de São Paulo (USP).

O estudo aponta que  idosos e portadores de doenças crônicas tendem a ser os mais afetados. “A prática regular de atividade física é capaz de melhorar a circulação sanguínea. Quanto mais você se exercita, melhor será seu condicionamento vascular, e as suas funções venosas e arteriais”, explicou o angiologista do Instituto de Circulação e Laser, Felipe Damascena Rosa.

Em Palmas, a contadora Sayonara Santos já percebeu que o segredo para uma boa saúde é sair do sedentarismo. “Fiz o desafio de 45 dias praticando atividades físicas com meus colegas de trabalho. Teve caminhada e corrida. Percebi que amenizou o estresse, meu sono melhorou  bastante. Quero convidar todo mundo a praticar exercícios físicos para trabalhar mente, corpo e ganhar mais qualidade de vida”, incentivou a especialista.

Sedentarismo

A Organização Mundial da Saúde (OMS) alerta sobre os malefícios do sedentarismo.  As estatísticas da organização mostram que um em cada quatro adultos não praticam atividade física suficiente, e que até 5 milhões de mortes por ano poderiam ser evitadas se a população fosse mais ativa.

PRECISA ASSESSORIA

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui