Após anos de espera, Paraíso perde recursos para asfalto nos setores Jardim Paulista e Vila Milena

0
540
PARAÍSO DO TOCANTINS VISTA DO ALTO DA SERRA DO ESTRONDO

Da Redação

O que se temia aconteceu. Paraíso do Tocantins perdeu os recursos que seriam destinados à pavimentação dos setores Jardim Paulista e Vila Milena, localizados na região norte da cidade. A verba, no valor de 15 milhões e 400 mil reais, era aguardada há anos pelos moradores dos dois setores.

No entanto, perda de prazo por parte do Estado, falta de interesse, falta de apoio, falta de representatividade, e a demora na realização das obras, mais uma vez deixou as comunidades do Paulista e Milena, abandonadas.

É importante informar que a empresa responsável pela obra desistiu do projeto ainda em dezembro do ano passado. Porém, os paraisenses não tinham essa informação e a concretização do projeto continuava sendo aguardada.

Um dos motivos que teriam feito com que a empresa desistisse foi a defasagem do valor da obra que, sem reajuste de valores, teria tornado inviável sua execução.

Dos R$ 15,4 milhões, pelo menos a metade foi utilizada na pavimentação do Setor Jardim América, na região sul da cidade, que também estava inserido no antigo projeto, que foi criado há cerca de 7 anos. Para que essa obra chegasse ocorreram muitas manifestações.

ESPERANÇA

A prefeitura de Paraíso do Tocantins, através da Secretaria de Infraestrutura, confirmou a perda dos recursos através do Estado, e informou à redação do Portal Benício que os setores Jardim Paulista e Vila Milena foram incluídos nas obras de pavimentação de um novo projeto, avaliado em R$ 38 milhões, que a gestão atual teria conseguido junto a Codevasf, através do senador Eduardo Gomes e do deputado Carlos Henrique Gaguim.

LÍDER DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA NO SENADO, EDUARDO GOMES, COM O PREFEITO ELEITO DE PARAÍSO DO TOCANTINS, CELSO MORAES

No mesmo projeto, também estão inseridos o Setor Buritis, Rua da descida que liga o Hospital Regional ao Setor Nova Esperança, Setor Sul, Distrito de Santa Luzia e o acesso ao Cemitério Memorial Parque, localizado na TO-447, em frente ao aeroporto local.

ERROS INTERNOS QUE SE PERPETUAM

Sem conseguir eleger nenhum deputado estadual da casa nas últimas eleições, sem conseguir nenhuma vaga de secretário de estado, e até mesmo uma pequena chefia de autarquias, ou qualquer cargo tido como representativo, Paraíso, QUINTA MAIOR CIDADE DO TOCANTINS, segue há anos em terceiro plano, quando o assunto é Desenvolvimento.

Há anos, também, o município depende da boa vontade de políticos de outras regiões para conseguir as mínimas coisas que até hoje chegaram por aqui.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui