ATENÇÃO: Surto de gripe em Paraíso provoca corrida a Hospital e revela situação da influenza na cidade

0
398

Da Redação

A grande corrida ao Hospital Regional de Paraíso em busca de atendimento mostra a atual situação de parte da população local, após um surto da influenza que teve inicio antes do Natal, e piorou após as festas de final de ano.

Independente da idade, jovens, adultos e crianças procuram os médicos para tentar amenizar a febre alta, dor pelo corpo, dor de cabeça e muita desinformação.

Nenhuma descrição de foto disponível.

 

Em conversa com a nossa reportagem, a diretora do Hospital Regional, Leiliane Alves, confirmou a grande procura por atendimento devido à síndrome gripal. “Todo ano nessa época tem esse pico, mas realmente esse ano está bastante tumultuado, e com todo mundo adquirindo essa gripe desordenada” disse a Diretora.

Devido os sintomas da gripe e da covid-19 serem parecidos, os pacientes procuram as unidades de saúde para entenderem o que de fato está acontecendo.

Na segunda-feira, 03, e nesta terça, 04, dezenas de pessoas também procuraram a Unidade Sentinela, mantida pela prefeitura de Paraíso, para fazerem o teste da covid. De acordo com o secretário de saúde do Município, Arllérico André, cerca de 80% dos casos deram negativos para covid e positivo para a gripe.

Famílias inteiras foram atingidas pela influenza em Paraíso. De acordo com as autoridades de saúde, é importante que as pessoas realmente procurem atendimento médico, mas também que saibam se proteger. Para quem ainda não se vacinou, basta ir até um posto de saúde local.

Os mesmos problemas também acontecem nos municípios da região, o que provoca ainda mais a superlotação do Hospital Regional.

SAIBA QUAIS SÃO OS SINTOMAS E VIRUS DA INFLUENZA

Os sintomas da influenza H3N2 são conhecidos e, em sua maioria, provocam febre alta, tosse, dor de garganta, cabeça, corpo e articulações. A orientação é que em caso de sintomas, a população procure um serviço de saúde para atendimento.

Os vírus Influenza que estão circulando este ano são: Influenza A(H1N1), A(H3N2) e Influenzas B. Em todas as regiões do Brasil estão circulando estes três tipos, com variações de predominância de cada tipo por região. Nas regiões Sul e Sudeste estão circulando principalmente os Influenzas B e A(H3N2).

Prevenção

Entre as principais orientações, estão: evitar aglomeração; utilizar corretamente a máscara, cobrindo nariz e boca; manter os ambientes ventilados e o isolamento das pessoas que estão com algum sintoma respiratório. A vacinação é outro ponto fundamental e há imunizante para ambas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui