Hemorrede discute melhorias na captação de sangue em Paraíso do Tocantins

0
233

Representantes da Hemorrede Tocantins estiveram reunidas na quinta-feira, 27, com o secretário municipal de Saúde de Paraíso do Tocantins, Arllérico André Silva, para discutir melhorias sobre ações e campanhas de coletas de sangue e medula óssea no município, como por exemplo, a disponibilização de um novo local para receber a unidade móvel.

De acordo com a responsável pelo setor de captação do Hemocentro Coordenador de Palmas, Robéria Fernandes, o encontro é essencial para garantir a continuidade do serviço no município. “Sabemos da importância em oferecer melhores condições e acolhimento aos nossos servidores da captação e, principalmente, ao nosso doador, por isso, contamos com o auxílio do município de Paraíso do Tocantins, para que possamos avançar com as campanhas e coletas externas, que sempre nos proporcionam resultados excelentes”.

Ao receber as profissionais da Hemorrede, o secretário Arllérico André Silva sinalizou de forma positiva o apoio para garantir um novo espaço para realização das ações de captação. “Estamos recebendo a equipe do Hemocentro e sabemos que a demanda é muito importante. Nós temos muitos munícipes que necessitam fazer a doação e precisam de um local adequado. A gestão está pronta para atender e dar o suporte necessário para melhorarmos o serviço com o ambiente adequado e humanizado para recebê-los”, explicou o gestor.

Coleta externa na Feira

Em parceria com o curso de direito da Unitins, a Hemorrede, promoveu uma grande coleta externa, na feira coberta da cidade na última quinta-feira, 27. A coleta faz parte da programação que visa sanar os baixos estoques de sangue, visto o feriado nacional da próxima semana (Finados – 2 de novembro).

Dezenas de estudantes realizaram doação de sangue e trouxeram familiares e amigos para contribuírem com o ato de amor. “Esta é a primeira vez que faço a doação e estou muito feliz em poder contribuir com a população”, disse o estudante Marcelo Santos Silva.

O acadêmico Rafael Santos Lima é experiente no assunto doação de sangue e não perdeu a oportunidade da coleta. “Sou doador há mais de seis anos e acho um assunto muito importante. É um ato de amor ao próximo e cidadania, pois é um ato voluntário, uma vez que sabemos que estamos salvando vidas”, enfatizou.

Para a jovem doadora Maria de Jesus Martins Vieira, de 18 anos, “é sempre um privilégio ajudar as pessoas que precisam. Esta é a segunda vez que faço a doação e recomendam que todos façam o mesmo. É muito rápido, não dói nada. Tudo isso é por uma boa causa”, finalizou.

O professor responsável pelo projeto, Fabion Serejo, falou sobre a parceria desenvolvida com o Hemocentro. “Queremos dar continuidade a esse belo projeto. A doação e conscientização sobre doação de sangue é extremamente importante para a população. Continuaremos incentivando nossos alunos e toda a sociedade”,  ponderou.

Outro apoiador do projeto é o secretário municipal de Educação, Vanderley José de Oliveira, que falou sobre a importância em incentivar jovens a doar sangue. “O bom exemplo começa cedo. Doar sangue é um ato de amor. Ver tantos jovens reunidos em prol de um ato como este é muito bonito. Precisamos incentivar cada vez mais ações como essa. Seremos sempre parceiros da Hemorrede nestas campanhas”.

Estudantes puderam doar sangue durante ação na feira coberta da cidade – Mariana Ferreira.

Estoques do Hemocentro estão baixos e precisam de doação – Mariana Ferreira.

Ação da coleta externa aconteceu em parceria com a Unitins – Mariana Ferreira

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui