PRF apresenta resultado da Operação Finados 2023 no Tocantins

0
233

Com a finalidade de promover a segurança viária, por meio da intensificação do policiamento e das fiscalizações de trânsito durante o feriado prolongado, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizou, entre os dias 1 e 5 de novembro nas rodovias federais do Estado do Tocantins, a Operação Finados 2023.

Ao longo de mais uma Operação em território tocantinense, a PRF trouxe empenhos operacionais em pontos estratégicos, contando com o reforço do efetivo policial. No período, foram fiscalizados 568 veículos e 607 pessoas no geral. As ações de fiscalização geraram autos de infração, com destaque para condutores flagrados realizando ultrapassagens indevidas e pessoas sem o uso do cinto de segurança (um aumento de 6% e 25% respectivamente em comparação ao mesmo período do ano passado).

Além disso, houve o registro de 326 testes de alcoolemia, com 6 autuações correspondentes. Também foram observados 2 casos do não uso do dispositivo de retenção para crianças – conhecido como a cadeirinha e 15 autuações por não uso do cinto de segurança. Em decorrência de tais atitudes de imprudência e negligência dos usuários das rodovias, foram constatados 4 acidentes no total (diminuição de 50% em comparação com o ano anterior), sendo todos graves. Em relação aos acidentes fatais, uma pessoa veio a óbito no município de Nova Olinda.

*A PRF não realizará comparativos com o ano anterior, uma vez que o feriado em 2022 se deu em uma quarta-feira, não gerando um feriado prolongado, tampouco aumento significativo no fluxo de veículos nas rodovias que justificasse a mobilização de reforços operacionais da instituição.*

*Balanço – Finados 2023*

04 acidentes no total
04 acidentes graves
01 morte
607 pessoas fiscalizadas
568 veículos fiscalizados
02 pessoas detidas

Flagrantes de infrações, sendo:
06 – casos de alcoolemia ao volante;
51 – ultrapassagens proibidas;
15 – casos pelo não uso do cinto de segurança;
02 – casos por estar sem dispositivo de retenção para crianças (cadeirinha).

 

ASCOM/PRF

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui